Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

TETRACAMPEONATO COMPLETA SEIS ANOS

 

 

Lembramos que o dia de hoje é importantíssimo para a história do Fortaleza, haja vista que em 2010 o Tricolor, que havia vencido a primeira partida da decisão, perdeu a segunda, mas nos pênaltis venceu o Ceará por 3 x 1, numa tarde memorável em que o grande herói tricolor foi o goleiro Fabiano.

 

Nas cobranças de pênaltis Bruno de Jesus desperdiçou pelo Fortaleza e pelo Ceará Erick Flores também perdeu, pois mesmo cobrando no canto o goleiro tricolor Fabiano conseguiu tocar na bola com as pontas dos dedos e espalmá-la, a qual se chocou com a trave e saiu pela linha de fundo.

 

O Ceará perderia mais duas penalidades. Uma com o Ernandes em que a bola bateu no travessão e a última com o Misael, que cobrou no mesmo canto direito em que o Fabiano já havia defendido uma cobrança, ensejando que o goleiro tricolor fizesse mais uma grande defesa que,  além de garantir o título de 2010 para o Fortaleza, valeu o primeiro tetracampeonato da história do Tricolor.

 

Fabiano entrou para sempre nessa história como o grande herói da conquista, ao defender duas penalidades, mérito que ainda hoje é reconhecido peça Nação Tricolor.

 

Converteram para o Fortaleza:

Paulo Isidoro, Guto e Tatu

O Fortaleza foi Tetracampeão com:

Fabiano, Peter, Leomar, André Turatto e Guto; Gilmak, Coquinho, Paulo Isidoro e Bismarck (Tatu); Eusébio (Alex Gaibu) e Betinho (Bruno de Jesus) -  Técnico: Zé Teodoro.

 

Presidente do tetra: Renan Vieira.

 

Advíncula Nobre

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.