Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

HOMENAGEM AO SÓCIO 11.000

20 May 2016

 

O Programa Fala Leão de ontem, similarmente ao que vem fazendo com os sócios que atingiram o milheiro, dez mil, nove mil, etc., foi veiculado diretamente da residência do sócio Serginho, coordenador da torcida tricolor no bairro Vila Manoel Sátiro e amigo do sócio 11.000, José Airton de Oliveira filho, a quem homenageamos e parabenizamos, por estar, como grande torcedor que é, colaborando efetivamente para que o Tricolor se fortaleça e chegue às grandes conquistas, a exemplo dessa memorável vitória sobre o Flamengo.

 

Agradecemos penhoradamente ao Airton e à sua família, composta de grandes tricolores por nos receber no seu lar, posteriormente nos dirigimos à residência aludida no tópico anterior,  lugar sagrado de todos nós, viabilizando essa homenagem da qual já foram alvo os sócios:   7.000 – Luiz Fernando Militão, de apenas 7 anos; 8.000 -  Eduardo Régis de Souza Castro; 9.000 -  João Paulo; 10.000 -  Vanessa Oliveira Souza Dias.

 

Expressamos a todos esses sócios representativos do Projeto de Sócios Leões do Pici,  os nossos agradecimentos, prestando, através dos mesmos o nosso preito de gratidão a todo o quadro de sócio do Fortaleza, ao tempo que conclamamos a Nação Tricolor a fazer ao sua adesão a esse projeto, visando construirmos um Fortaleza cada vez mais forte.

 

Se buscar soerguer e enaltecer o Fortaleza for ser “chapa branco”, com certeza nos orgulhamos de sê-lo, isto porque temos apenas uma linha de conduta e jamais seremos iguais a aqueles que em alguns estados são chamados de furta-cores, exatamente pela pusilanimidade e pela rapidez com que mudam de opinião, levando o clube de uma hora para outra do “paraíso astral” para o “inferno zodiacal”. A nossa pele tem apenas três cores, as do Fortaleza.

 

Morei durante trinta e cinco anos fora, trinta dos quais na Paraíba e naquele estado tem uma expressão de cunho popular, pinçada do dominó, o “lá e lô”,  que taxa as pessoas que costumeiramente acendem uma vela para Deus e outra para o diabo, e se o diabo tiver dinheiro haja vela”. Essa sentença identifica as pessoas que,  ou como se diz no popular, “comem dos dois lados, principalmente na política e em algumas profissões.

 

O programa Fale Leão, AM 930 – Rádio Metropolitana -  veiculado de segunda à sexta, das 22 às 23 horas, só tem um lado, o do Fortaleza. Os apresentadores, comentaristas e os colaboradores todos são torcedores tricolores, nenhum é torcedor do Ceará,  e em momento algum fazemos apologia ao nosso rival e aos seus torcedores, mormente aos ilustres. Respeitamos o nosso rival e à sua torcida, mas não costumamos lhes fazer reverência. Podemos ser até considerados “chapas brancas”, mas jamais seremos taxados de “lá e lôs”.  

 

A Série C do ano em cursos tem a sua abertura neste sábado com a partida Cuiabá x Remo,     que será disputada no Estádio Arena Pantanal, às 19 horas e no que pese ser, efetivamente o primeiro jogo, na tabela da CBF é a partida de número 2, vez que o jogo de número 1 envolve América x ABC e será disputado nesse domingo, às 19 horas, na Arena das Dunas. Provavelmente foi guindado à condição de jogo de abertura por se tratar do primeiro clássico regional da Série C e do grupo do Fortaleza.

 

Nessa primeira rodada foi dado ênfase aos jogos regionais e a maioria dos confrontos dar-se-á no domingo: Guarani (SP) x Guaratinguetá (SP), ASA (AL) x Confiança (SE), Boa Esporte (MG) x Tombense (MG), Botafogo (SP) x Mogi Mirim e América (RM) x ABC (RN). (Três jogos pelo Grupo B e dois pelo Grupo A.

 

A rodada terá sequência na segunda-feira, em que se enfrentarão Fortaleza (CE) x River (PI), partida disputada às 20 horas no Castelão e de portões fechados em decorrência de punição imposta ao Tricolor, pelo STJD, em razão de desmandos praticados pelas organizadas o clube e outro confronto dar-se-á entre Juventude (RS) x Ypiranga (RS), dois representantes gaúchos na Série C, sendo que o Ypiranga é debutante na divisão.

 

Cuiabá x remo se prenuncia um grande jogo, envolvendo dois representantes de regiões diferentes. O Remo representa a Região Norte e o Cuiabá o Centro-Oeste. Para essa partida, consoante os especialistas, o Cuiabá é o favorito com 44% de chances de sair vitorioso, ficando 30% para o empate e 26% para o Leão do Norte. Vou ficar com o empate.

 

Consoante os especialistas o Grupo A será bastante equilibrado, sendo os favoritos de momento para a classificação no G-4 o Fortaleza com 85%; o Salgueiro, com 68$; o Confiança, com 55% e o Botafogo (PV), com 44%. Considero prematura esse tipo de avaliação e para chegar á essa conclusão acredito que os matemáticos se valeram do desempenho desses clubes em outras competições.

 

No Grupo B, a avaliação é de que alguns clubes tomarão à dianteira e outros poucos progredirão, a exemplo de Boa e Mogi Mirim, com apenas 10% e Macaé com 7%. Em compensação os clubes cotados para subir colocarão uma grande frente sobre os demais: Botafogo (SP), 91%; Juventude, 95%; Ypiranga, 78% e Guarani, 57%. O nosso raciocínio para o Grupo A é o mesmo para esse grupo, pois achamos um risco esse tipo de conjectura.

 

EFEMÉRIDES -  Em 20 de maio de 2001 – Fortaleza 4 x 3 Ceará (Campeonato Cearense).

 

Por hoje c’est fini.

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.