Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

CONFIANÇA "OSSO DURO DE ROER"

29 May 2016

 FOTO: Fortaleza Sempre

 

 

O Fortaleza tem um confronto muito difícil e muito importante na noite de hoje contra o Confiança, uma equipe vem em ascensão, que também empatou o seu compromisso pela primeira rodada contra o ASA, mas com o handicap de ter conseguido esse resultado fora de casa e contra um equipe que nos seus domínios reina absoluta. Não é segredo que no ano passado o ASA terminou a Série C invicto enquanto mandante, razão porque o resultado obtido pelo Confiança tem que ser evidenciado e enaltecido.

 

O Fortaleza, praticamente escalará a mesma equipe que mandou a campo para o confronto com o River, em que saiu empatado em 1 x 1, placar que deixou a todos com um sabor amargo de derrota. A diferença é que o Corrêa substituirá o Dudu Cearense e todos sabem que defendo a premissa de que o nosso capitão não pode ficar de fora da titularidade.

 

Na minha avaliação o Fortaleza, com o Corrêa, ganha na marcação, nas cobranças de falta, para não ficar dependendo apenas do Pio e nas bolas alçadas sobre a área que sempre levam perigo para o adversário.

 

Dizem que de médicos, músicos e loucos, nós todos temos um pouco e eu acrescentaria também de treinadores, pois cada um de nós se arvora de ser um treinador em potencial e que, como ninguém, entende muito do riscado. Não sou uma exceção, de modo que no meu modesto ponto de vista, o treinador ganha um pouco mais ofensivamente, pois ficará com duas bolas de saídas de bola pelo meio, como o próprio Corrêa e com o Felipe, que tem sempre umas arrancadas perigosas que, se bem aproveitadas, pode redundar em lucro para o Tricolor.

 

Tradicionalmente o Confiança tem sido um adversário complicado para o Fortaleza. Na Copa do Nordeste de 2013 foram dois embates. Em casa o Fortaleza venceu por 3 x 0 e fora de casa foi derrotado pelo mesmo placar. Na Série C do ano passado o Tricolor não conseguiu vencer o nosso adversário deste domingo. Fora de casa perdeu por 1 x 0 e em casa cedeu um empate por 1 x 1. Assim nesses quatros confrontos o Fortaleza sofreu 2 derrotas, empatou 1 partida e venceu outra, estando em desvantagem em uma derrota.

 

Para o jogo de domingo os especialistas dão o Confiança como favorito com 41% de probabilidades de sair vencedor, ficando 24% para o empate e 35$ para o Tricolor.

 

As estatísticas são balizadoras da história e nada mais do que isso, de forma que nessa partida de domingo, pelo que vem produzindo no ano em curso,  acreditamos piamente na possibilidade de um triunfo  do Tricolor, que deixará patente, de forma cristalina,  que  o resultado com o River foi apenas um erro de percurso, que será devidamente corrigido. Avante Tricolor!

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.