Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

A SORTE ESTÁ LANÇADA: VENCER OU VENCER

                                                  Everton - A esperança Tricolor

 

Mais um jogador regularizado e à disposição do treinador Marquinhos Santos, O meia Leandro Lima. George Leandro Abreu de Lima, nasceu em 09/11/95 tendo, pois 30 anos e assinou com o Fortaleza o contrato de número 1209251CE, com validade a partir do dia vinte e quatro estando, pois, apto para defender as cores tricolores já podendo ser utilizado, assim como o goleiro Douglas Pires, a partir desta partida contra o Salgueiro. O meia se declarou pronto fisicamente para atuar e vai disputar vaga numa posição que, após a saída do Jean Mota, continua em aberto.

 

Hoje teremos dois jogos pela Série C, todos importantíssimos,  envolvendo Fortaleza x Salgueiro e Botafogo x América. O embate do Tricolor será às 16 horas no Castelão e esperamos uma boa presença da torcida tricolor, tendo em vista que o jogo tem uma significação toda especial para o Tricolor que, em vencendo, como esperamos que o faça, retorna ao G-4, em posição cuja definição depende de outros confrontos, todos decisivos, como de resto serão todos os jogos nessas quatro rodadas finais.

 

Para esta partida o Fortaleza, consoante os especialistas, é o favorito com 58% de chances de sair vitorioso. O empate fica com 27% e a probabilidade de vitória do Salgueiro com 15%. O Fortaleza na condição de mandante fez 7 partidas, tendo vencido 4 jogos, empatado 2 e sofrido 1 derrota, esta para o ABC por 1 x 0. Assinalou 10 gols e sofreu 6, apresentando um saldo de 4 gols.

 

Esses 6 gols sofridos originam um índice de 0,85 gols por jogo, que consideramos elevado,  e que inspira cuidados da parte da comissão técnica que, de posse desses dados,  deve estar tomando as providências para proteger e calafetar o sistema defensivo. Dos times que estão melhores colocados, mormente no Grupo B, esse índice é inferior a 0,5.

 

O Salgueiro, enquanto visitante ainda não conseguiu ganhar uma única partida e tampouco marcar um gol, Sofreu 4 derrotas e conquistou 2 empates, tendo sofrido 7 gols, apresentando, pois, um índice negativo de 7.

 

É um clube com situação difícil, visto que, enfrenta fora de casa o Fortaleza nessa rodada e na próxima o Remo e na última  o Confiança, certamente brigando para não cair, ou seja, em 4 confrontos tem 3 fora dos seus domínios, de modo que em razão dessa contingência, em que dista apenas 4 pontos da zona maldita e tem 3 jogos fora e num deles um confronto direto com o Confiança, a expectativa é de que tenhamos um clube muito fechado, jogando na retranca e colocando a sua vida em uma bola, ou num descuido da defensiva tricolor.

 

O segundo jogo de hoje, que reúne Botafogo (PB) e América, já pode concorrer para recolocar o Fortaleza, que deve fazer a sua parte, no G-4, bastando para tanto que aconteça um empate ou vitória do time americano, um tanto quanto difícil, porém não improvável, até porque o time norte-rio-grandense, ainda sonha com o acesso e se vier a perde ficar em situação complicada, vez que dista apenas 3 pontos da zona de degola. Podemos afirmar que esse é o jogo da vida, ou o mais importante, do time americano. Vou cravar o empate.

 

O Botafogo é o favorito, segundo os matemáticos, com 66% de probabilidades de vencer o confronto, sendo, desta forma, o maior favorito da rodada. A probabilidade de empate fica com 22% e a chance do América vencer, muito remota na opinião dos experts, é de apenas 16%, contudo, pelas circunstâncias em que se encontra o time americano, vamos lhe dar um voto de confiança, posto que, sem sobra de dúvidas o Botafogo, mesmo estando numa boa fase, não encontrará moleza.

 

Não tenho a menor dúvidas de que muitos vão avaliar que estou sendo muito otimista quando cravo o empate, isto porque o Botafogo está invicto nos seus domínios, tendo vencido as 7 partidas que disputou, com 100% de aproveitamento, nas quais assinalou 11 gols e sofreu apenas 1. É otimismo em demasia, contudo, trata-se de um clássico regional em que o América, pelos motivos que já citamos, venderá muito caro a derrota tendo que jogar, obrigatoriamente por um resultado positivo.

 

Na posição de visitante o América fez 7 jogos, tendo vencido 2, empatado 1 e sofrido 4 derrotas, marcando 8 gols e sofrendo 11 e apresentando um saldo negativo de 3 gols. Interessante a coincidência de gols, vez que em casa o Botafogo marcou 11 gols, mesmo número que América sofreu fora de casa.

 

Bem, a sorte est´[a lançada, posto que, o Fortaleza que vem com resultados negativos nas últimas cinco partidas, em que venceu apenas uma, agora jogando em casa e contando com o retorno de todos os titulares, tem tudo para retomar o caminho das vitórias. Desnecessário dizer da importância do comparecimento da Nação Tricolor ao Castelão para incentivar o time para que dê a volta por cima. Pela importância e pelo caráter decisivo da partida esperamos um público superior a 20.000 pessoas.

 

Por hoje c’est fini.

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.