Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

PRIVISÕES SOBRE A ASCENSÃO À SÉRIE B

 

O dia da decisão vai se aproximando e os experts em previsões começam a fazer a s suas conjecturas acerca do resultado final e até se aventuram um pouco mais emitir prognósticos a respeito das equipes com maiores possibilidades de chegar ao título da Série C. Evidentemente que em face de o futebol não ser um ciência exata, muitas dessas profecias ou vaticínios não se confirmarão. Louve-se, no entanto o pessoal do site Chance de gol que, ao longo das competições tem apresentado um percentual maior de acertos.

 

Consoante o Chance de Gol o clube com maior percentual para chegar às semifinais e, portanto, se classificar para a Série B de 2017 é o ASA, que tem 79,2% de chance de conseguir os seus objetivos. No jogo de ida bateu o Guarani,  de virada,  por 3 x 1 e para se classificar pode perder até por 1 x 0 ou empatar por qualquer resultado. O Guarani precisa vencer por 2 x 0, ou por qualquer resultado com diferença de 2 gols, a partir de 4 x 1, pois 3 x 1 leva para os pênaltis. Complicada a situação do time campineiro.  

 

O segundo time com maiores probabilidades de ascender à Série B, na opinião do chance de gol, e todos os nossos escritos se embasarão nele, é o Boa Esporte, com 57,8% de chances de ascensão. O Boa,  no jogo de ida,  empatou em 0 x 0 com o Botafogo (PB) e para ascender à Série B depende de um vitória, por qualquer resultado. O empate sem gols leva para os pênaltis e qualquer empate acima desse resultado classifica o Botafogo (PB).

 

O terceiro clube com maiores chances de ascender, no ponto de vista dos experts citados é o Fortaleza, que tem 53% de probabilidades de ascender à Série B nesse confronto contra o Juventude. No jogo de ida o Fortaleza empatou em 0 x 0, placar que em se repetindo levará às penalidades máximas. O Fortaleza se classifica com qualquer vitória, enquanto que o empate por placar superior a 0 x 0 classifica o Juventude. Para essa partida estão sendo esperadas mais de 65.000 torcedores.

 

O quarto time com maiores possibilidades para chegar à Série B é o ABC, 51,3% de chances,  que no jogo de ida empatou fora de casa em 0 x 0 com o Botafogo de são Paulo. A repetição do placar levar à disputa por pênaltis, o ABC se classifica por qualquer vitória e o empate com gols classifica o Botafogo paulista.

 

As previsões se confirmando estarão classificados Boa Esporte, Fortaleza, ABC e ASA, ou seja, um do Grupo B e três do Grupo A, contrariando assim a tendência doa no passado em que subiu apenas um time do Grupo A, o Vila Nova e três do Grupo B, Londrina, Tupy e Brasil. Ressalte-se que o Vila Nova ascendeu à Série B em 2013, foi rebaixado em 2014 e ascendeu novamente em 2015. Em 2014 houve um equilíbrio, dois do Grupo A, CRB e Paysandu e em 2013 o equilíbrio se repetiu ascendendo do Grupo A o Santa cruz e o Sampaio Corrêa e do Grupo B o Luverdense e o Vila Nova.

 

Seguindo com as previsões temos agora os times que correm por fora, mas que não estão alijados da disputa, isto porque tudo se decidirá apenas quando se encerrarem os 180 minutos. O quinto com probabilidades de ascender é o Botafogo (SP), 48.7%,  que cedeu o empate em casa ao ABC por 0 x 0 e que para lograr êxito dependerá de uma vitória simples ou de qualquer empate com gols.

 

O sexto na linha das possibilidades é o Juventude, com 47% de chances de passar para a próxima fase. O adversário do Fortaleza é um time perigosíssimo, que cedeu o empate ao Tricolor, por 0 x 0, num jogo disputadíssimo. Para subir depende de vitória por qualquer placar, ou por qualquer empate com gols. É a velha história de dizer que o time da Serra Gaúcha jogará por uma bola, situação que já tirou o Tricolor da série B em pelo menos três ocasiões, que esperamos, não se repitam.

 

O sétimo, dos que correm por fora, consoante o site Chance de Gol é o Botafogo da Paraíba, com 42,2% de chances e que empatou em 0 x 0 em casa, com o Boa Esporte e que para se classificar depende de uma vitória no território inimigo, por qualquer placar, ou por qualquer empate com gols. A repetição do placar levará a decisão para os pênaltis. Mais um que jogará, conforme dizem os analistas, por uma bola.

 

O oitavo é o Guarani (SP), com 20,8% de chances de conseguir o seu intento,  simplesmente o time de melhor campanha, na fase de classificação,  em toda a competição e que sofreu 3 gols do ASA que o deixaram em situação melindrosa. Para subir o Guarani depende de um vitória, sem tomar gols, por qualquer placar acima de 2 x 0. 3 x 1 leva para os pênaltis e o Guarani se classifica também por qualquer placar com diferença de dois gols, acima de 4 x 1.

 

Vamos acompanhar para verificarmos se essas previsões se concretizarão, particularmente torcemos para tal, especialmente da parte do Fortaleza, que enfrentará um time grande e que, em função disso tem maiores possibilidades de desenvolver um grande futebol nesse domingo. O diferencial será a torcida tricolor,  que comparecerá em massa,  para incentivar o time dentro das quatro linhas. Esperamos que ao final do tempo regulamentar possamos fazer uma linda festa, há muito tempo merecida e desejada e à altura da Nação Tricolor.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.