Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

DEFLAGRADO O PROCESSO ELEITORAL - COMISSÃO NOMEADA

15 Oct 2016

 

O ambiente no Fortaleza, pelo menos do ponto de vista de parte dos meios de comunicação está em turbulência ou em efervescência, particularmente depois da perda da classificação, que não estava nos planos de ninguém, tanto da diretoria, como da torcida.

 

Nesses momentos surgem os oportunistas de plantão, representados por aqueles que querem ver a derrocada do Fortaleza, que criam os mais diversos boatos, a exemplo desse texto que circula nas redes sociais dando conta de que o Fortaleza teria vendido a sua participação na Série C por 10 anos, só não diz quem vendeu.

 

Ora Nação Tricolor, estamos fragilizados e qualquer boato ganha conotação de verdade, isto porque esse texto adaptado para o Fortaleza é o mesmo, mudando apenas os nomes, que circulou após o Brasil ter perdido a Copa, portanto, fiquemos atentos para que esse tipo de divulgação não venha conturbar mais ainda o nosso ambiente.

 

Aliás, o Fortaleza está sendo apresentado como um clube cheio de problemas, o que não é verdade, posto que perdemos a classificação, ou o deixamos de atingir o nosso objetivo principal, contudo, temos um diretoria cuidando dos interesses do clube, que está saneado e que,  pelo que produziu no ano em curso, excetuando-se a ascensão à Série B, e reconhecemos a sua importância, tem um calendário recheado para o ano de 2017, graças, repetimos,  ao  desempenho do time em 2016.

 

Lutaremos por um tricampeonato, lembrando que os títulos de campeão e de bi foram conquistados por essa diretoria, que evitou um penta do nosso rival. Alguém pode dizer que foi na sorte, mas pelo menos desta vez a sorte nos sorriu.

 

Vamos disputar a Copa do Nordeste, e não entramos pela porta dos fundos, mas, por méritos técnicos. Vamos para a Copa do Brasil, onde podemos fazer uma boa participação, dependendo do elenco que formamos e disputaremos mais uma vez uma Série C, com esperança de chegarmos, desta feita aos nossos objetivos. Pior seria se não tivéssemos esse calendário recheado, que muitos clubes não têm.

 

Outro ponto é a questão da sucessão. Queremos dizer que o Jorge Mota tem o lídimo  direito, se assim pretender, de pleitear à reeleição, restando-lhe apenas avaliar os prós e os contras dessa decisão. Em se decidindo por disputar ninguém pode lhe tirar esse direito.

 

Quanto aos candidatos que estão lançando os nomes, alguns já  fazendo lobby em  determinados programas, temos que ter muito cuidado, pois nem tudo que reluz é ouro. Não vamos aqui ficar do lado A ou B e quando tivermos candidatos oficialmente lançados, vamos entrevistar a todos, dentro das mesmas condições de igualdade, posição própria da nossa linha democrática e imparcial.

 

Estamos na torcida, desde já, para que os nomes que emergirem dessas conversações em démarche, surjam de um consenso e representem a união e a concórdia de todos os tricolores. Seria bom que tivéssemos uma chapa que representasse todas as linhas de pensamento do Fortaleza, sendo essa  convergência e sintonia que defenderemos para o bem do Tricolor. União será a palavra-chave.

 

Recebo do Conselho Deliberativo o texto que reproduzo abaixo, acerca da escolha dos nomes para a Comissão Eleitoral, a quem desejo boa sorte, até porque, como já fiz parte de uma, a primeira nos moldes do atual estatuto, sei quão difícil é a tarefa, principalmente se trabalharmos à luz dos preceitos legais, razão porque aproveito o ensejo para reiterar os meus preitos de parabéns ao Dr. Fernando Luiz Pinheiro Barros, que foi o seu presidente, sorte que desejo aos novos integrantes.

 

“Em reunião realizada na noite de quinta-feira (13), na AABB, a Mesa Diretora do Conselho Deliberativo elegeu, conforme determinação estatutária no artigo 101, parágrafo 9º, a Comissão Eleitoral que irá conduzir o processo de eleição para a escolha da Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e Conselho de Ética para o biênio 2017/2018”.

 

“Em breve, a Comissão Eleitoral irá publicar o edital abrindo o período de dez dias, durante o mês de novembro, para serem realizados os registros das chapas. Também serão divulgados maiores detalhes para as inscrições”. Lembramos apenas, e a redação é nossa, que o artigo do estatuto que trata e disciplina as eleições é o 101, como seus parágrafos, em número de 12 e incisos.

 

Acerca da nomeação da Comissão Eleitoral alerto aos sócios que porventura lerem o Estatuto anterior, que no mês de julho foi aprovada uma nova redação do parágrafo nono do artigo 101, ratificado pela Assembleia Geral em setembro, que passou para a Mesa diretora a atribuição de nomear a Comissão Eleitoral, que antes era escolhida através de votação pelo plenário do Conselho, em reunião especialmente convocada para esse fim. Essa explicação se faz necessária para dissipar possíveis dúvidas.

 

“A votação acontecerá no dia 3 de dezembro de 2016 e a posse dos eleitos acontecerá após o anúncio dos vencedores. De acordo como já ocorrido nas eleições passadas, em 2014, sócios torcedores, proprietários e conselheiros adimplentes estarão aptos para votar. Ainda de acordo com o Estatuto do Clube, Capítulo III, Artigo 27, somente terá direito ao voto o sócio torcedor que estiver adimplente por no mínimo dois anos ininterruptos”.

Membros da  Comissão Eleitoral:

Alessander Wilckson Cabral Sales / Sócio Proprietário nº 04994-15

Francisco Rubens Lima Barbosa / Sócio Proprietário nº 05122-15

Francisco Washington Mendes da Silva / Sócio Proprietário nº 05161-15.

 

Gostaria apenas de acentuar e defendo que cabe uma retificação na redação do artigo 27, que estão aptos a votar os sócios torcedores que estiverem adimplentes por 24 meses e não por dois anos, isto porque se no período de 24 meses tivermos um mês em que houve um problema no pagamento esse sócio não está apto a votar. O artigo diz que são ininterruptos, mas no meu entendimento essa redação tem que ser mais explicita e mais clara.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.