Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

COPA DO NORDESTE: FORTALEZA COM BOAS CHANCES DE CLASSIFICAÇÃO

 

O Bahia em jogo que encerrou a quarta rodada do Grupo B da Copa do Nordeste, não encontrou a mínima dificuldade, especialmente no segundo tempo, vez que o primeiro foi mais equilibrado,  para vencer o Altos por 3 x 0. Como anormalidade o time piauiense perdeu uma cobrança de pênalti que concorreu para que o time baiano permanecesse como o único time da Copa do Nordeste cuja defesa ainda não foi vazada.

 

Na outra partida, em embate que complementava a quarta rodada da competição o Itabaiana venceu o CSA, que não mais tem chances de se classificar para a segunda fase, por 2 x 1, com o gol da vitória sendo assinalado aos 47 minutos do segundo tempo, após muita pressão motivada pela expulsão de um dos zagueiros do time alagoano, nos momentos finais do confronto. O Itabaiana soube aproveitar a vantagem e construir essa vitória que a deixou no segundo lugar do grupo que, diga-se de passagem, não foi boa para o Tricolor, que contava com o empate.

 

Mercê das vitórias do Bahia e do Itabaiana o Fortaleza deixou a zona de classificação, hoje composta pelas seguintes equipes: Santa Cruz (10 pontos), Bahia (8), Sport (10), CRB (8), Vitória (7) e os melhores segundos colocados: Campinense (8), River (7) e Sergipe 7. O Itabaiana que tem 7 pontos ficou de fora em função dos critérios de desempate, haja vista que perde para River e Sergipe no saldo de gols.

 

O Fortaleza está fora da zona de classificação, contudo, no meu ponto de vista a situação ainda não é desoladora. Doravante, pelo menos em se tratando da próxima rodada, quando voltaremos a avaliar, briga com River, Itabaiana e Sergipe, são quatro clubes, incluindo o Fortaleza, que lutam por duas vagas, tendo em vista que a primeira, na minha ótica, será do Campinense, que pega em casa o saco de pancadas, Uniclinic.

 

O Fortaleza, após a conclusão da jogada, afora a luta dentro do grupo com o Bahia pela primeira colocação, externamente lutará para entrar como segundo colocado, se for o caso, com o River, Itabaiana e Sergipe, que tem 7 pontos e um a mais e correndo por fora o ABC, do grupo do time a menos do que o time itabaianense e que tem, ao nosso ver, uma caminhada menos complicada.

 

O River se digladia com o Sampaio Corrêa em casa, que não faz uma boa campanha r que foi goleado pela Juazeirense por 3 x o e deve vencer, chegando aos 10 pontos. Ressalte-se que o Sampaio Corrêa tem apenas 3 pontos, mas ainda aspira a classificação, de forma que podemos prever um jogo dificílimo para o time piauiense. Apesar da derrota está motivado em função da troca de treinador. Agora é o Diá.

 

Temos que fazer figa para que esse jogo, que é um clássico do Meio-Norte saia pelo menos empatado. Na última rodada o River enfrenta o Juazeirense,  fora de casa, que tem apenas três pontos, mesma pontuação do Sampaio, a quem goleou, e que ainda sonha com a classificação. O time riverino pode se dar mal nessa empreitada.

 

O Itabaiana enfrentará o ABC em casa, que tem quatro pontos e que se vencer, chagará aos mesmos 7 pontos e assumirá  a vaga do oponente, no chamado jogo de seis pontos. Conjetura-se que o time itabaianense não terá vida fácil, isto porque, na última rodada sai para enfrentar o CRB, líder do Grupo e que por certo quer consolidar a vantagem, pensando nos mandos de campo nas fases seguintes.  

 

O Sergipe, outro segundo com 7 pontos digladiar-se-á com o América, fora de casa, que com quatro pontos, ainda não está fora do páreo. A tendência é de que o América saia vencedor, sendo que o empate não está fora dos prognósticos. Na última rodada se defrontará com o Vitória em casa, que tem apenas 7 pontos, sendo o primeiro colocado com menor desempenho técnico e que está buscando se afirmar. A caminhada do Sergipe é muito difícil.

 

Por fim tem o ABC, um dos terceiros colados, mas com apenas 3 pontos a menos que o Itabaiana e que tem uma jornada mais tranquila, com relação ao opositor. Tem um confronto de seis pontos com o próprio Itabaiana, nos domínios do adversário, e a previsão é de que a partir desse jogo um dois saia do páreo. Nessa rodada temos que torcer por um empate, isto porque na última rodada o time abecedista recebe o CSA em casa, que mais nada almeja na competição.

 

Que a trajetória do Fortaleza é difícil não temos dúvidas. O que temos como ponto pacífico é que o Tricolor, que recebe o Altos em casa, deve fazer obrigatoriamente o dever de casa, vencendo e com um bom placar, para continuar dependendo apenas dos seus próprios esforços para se classificar.  Nesse ínterim tem que torcer por um tropeço do Bahia, fora de casa, contra o Moto que, mesmo fora de disputa terá que vencer para reconquistar a sua torcida.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.