Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

MOTO X REMO E SALGUEIRO X SAMPAIO - JOGOS DECISIVOS

26 Aug 2017

 

O pontapé inicial da 16ª rodada será dado logo mais à tarde com dois importantes confrontos. O primeiro envolve um clube que está no limbo e ameaçado de rebaixamento, vez que dista apenas um ponto da zona maldita, o Moto,  que se digladiará com uma equipe que se encontra na quarta colocação, com 21 pontos, o Remo,  e bastante acossado por Salgueiro, 20 pontos e Cuiabá, 19.

 

Pelas circunstâncias que cercam e rodeiam esse confronto a perspectiva é de que será muito disputado, até porque, nas três últimas partidas os dois clubes tiveram desempenho semelhante, posto que vêm de 1 vitória, 1 empate e 1 derrota, somando 4 pontos em 9 possíveis, que correspondem a um percentual de aproveitamento de 44,4%. Se perdurasse esse percentual, indiscutivelmente, nenhum dos dois seria candidato ao G-4.

 

Consoante os especialistas o Moto, é o favorito para vencer o confronto, com 41,1% de possibilidades, ficando 25,9% para o empate e 31% para a vitória remista. Na condição de mandante o Moto somou 9 pontos em 21 possíveis, apresentando um percentual de eficiência de 43%, que podemos reputar como razoável.

 

Atuando fora de casa o Remo conquistou apenas 6 pontos em 21 possíveis, apresentando um percentual de desempenho de 29%,  que consideramos de regular para pior. Considerando todos esses números cravamos um empate.

 

No outro confronto teremos um encontro, ou um choque conforme dizem os locutores, entre equipes que lutam pela classificação. O Salgueiro, com 20 pontos e na quinta colocação, recebe o Sampaio, como 28, na primeira posição e já classificado. Os dois clubes lutam por objetivos diferentes e diametralmente opostos no G-4: Um briga pela ponta de cima e o outro pela ponta de baixo.

 

O Salgueiro, nas três últimas partidas, que nas nos permite traçar uma média do seu desempenho, vem de 2 vitórias e 1 derrota, tendo amealhado 6 pontos em 9 possíveis e apresentando um desempenho de 67%. O Sampaio nas três últimas partidas, termômetro que mede a sua atuação, vem embalado, com 3 vitorias e 100% de aproveitamento.

 

Enquanto mandante o Salgueiro conquistou 13pontos em 21 prováveis, apresentando um percentual de aproveitamento de 62%. O Sampaio, o melhor visitante da Série C, o melhor evidentemente em termos de performance, vez que é péssimo para os mandantes, conquistou, enquanto visitante, 14 pontos em 21 possíveis, ostentando um percentual de eficiência de 67%.

 

Consoante os especialistas, o Salgueiro é o favorável, com 56,6% de probabilidades de vir a vencer, ficando o empate com 26,2% e a chance de vitória do Sampaio com 17,2%. Não sou expert no assunto, todavia, os números que apresentamos nos falam de uma possível vitória do time maranhense, que agradaria a gregos e troianos.

 

O Sampaio estará buscando os 3 pontos com objetivo de chegar aos 31 e praticamente garantir o primeiro lugar. O salgueiro busca os 3 pontos para chegar aos 23 e ultrapassar o Remo, nesta luta particular entre os dois por uma vaga no G-4.

 

Será um jogo importante que, além de interessar aos dois contendores pelos motivos que elencamos gera uma expectativa para Fortaleza e CSA, que torcem por um tropeço do time pernambucano, para que fiquem menos pressionado no G-4. Em perdendo o Salgueiro, que,  provavelmente,  continuaria em quinto, o CSA estaria praticamente classificado, dependendo apenas de um empate entre ASA e Cuiabá, para sacramentar a passagem para a segunda fase.

 

 

 

O Fortaleza também seria beneficiário do tropeço Salgueirense, de quem dista 3 pontos e, independentemente do seu resultado contra o CSA, teria essa distância aumentada para 4 pontos. Para se classificar bastaria vencer o CSA e apostar numa derrota, ou até mesmo num empate, do Cuiabá frente ao ASA.

 

Ver-se, portanto, que a rodada de hoje pode, perfeitamente,  delinear e determinar os classificados para a próxima fase e,  como é chegada a hora de rezarmos e de fazer contas, vamos torcer para que os deuses do futebol nos premiem no dia de hoje com dois resultados favoráveis e alvissareiros.

 

Em isso acontecendo entraremos amanhã em campo com uma carga menor sobre os ombros, permitindo-nos jogar mais soltos e descontraídos contra o CSA, a quem precisamos derrotar, pois não adianta a mãozinha dos deuses a ajuda do destino se não fizermos a nossa parte. E para fazermos a nossa parte temos que batalhar a quatro mãos: Time, Comissão Técnica, Diretoria e Torcida, todos lutando e fazendo essa corrente pra frente que nos levará ao triunfo.

 

Por hoje c’est fini.

 

Advíncula Nobre

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.