Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

QUEREMOS UM FORTALEZA LUTANDO PELA VITÓRIA

 

O placar que interessava ao Fortaleza  aconteceu. Confirmando os prognósticos o Moto venceu o Cuiabá por 1 x 0 e alijou o time cuiabano da luta pela classificação, pois mesmo que vença ao CSA, em casa, só poderá chegar a 25 pontos e não acredito de são consciência que Fortaleza, Remo e Salgueiro percam todos os seus compromissos.

 

Na verdade o Cuiabá, para ter chances, terá que torcer por derrotas nas duas rodadas de dois desses três clubes, possibilidade um tanto quanto improvável, posto que se o Tricolor de Aço fizer pelos menos um ponto nos seus dois embates,    já estará classificado.

 

O Remo e o Salgueiro terão uma caminhada mais difícil. O Remo para se classificar terá que vencer o Salgueiro que, por sua vez terá que pelo menos empatar amanhã com o CSA e vencer o Remo no embate direito entre os dois.  Mesmo assim, diante e todos esses problemas de Remo e Salgueiro a situação do Cuiabá, quanto à classificação, ainda é complicada.

 

Numa coisa o nosso repórter do Fala Leão, tem razão: O Moto não ganhou exclusivamente para beneficiar o Fortaleza, como estão apregoando. O Moto venceu porque precisava, nessa luta para fugir do rebaixamento e da qual, mesmo ganhando ainda não se livrou.

 

Na verdade o Moto tem que torcer pelo Fortaleza, no embate contra o Confiança e na última rodada torcer para que o Botafogo, que enfrentará o Sampaio fora de casa, seja derrotado, de modo que a situação do time maranhense ainda não é confortável, nessa espécie de contrassenso m que o Sampaio luta pela ponta da tabela e o Moto para não cair.

 

Vamos para o Fortaleza que, para garantir a classificação em que pelo menos empatar com o Confiança. Por mais paradoxal que pareça temos que considerar que o Fortaleza, há cerca de dez anos se preocupava com os grandes times do futebol brasileiro e hoje estamos temendo, com todo respeito, o Confiança. É essa trajetória histórica do Fortaleza que temos que resgatar.

 

Para darmos o pontapé inicial na caminhada para o resgate da história vitoriosa tricolor temos que obter um bom resultado no ugo de logo mais contra o Confiança. E de certa forma estamos receosos porque o Tricolor, nas  últimas três rodadas vem de uma derrota e dois empates, enquanto o Confiança, no mesmo período, sofreu uma derrota e conquistou duas vitórias consecutivamente.

 

Estamos temerosos, mas os especialistas não, provavelmente porque fazem a análise com isenção de ânimos.  Para eles o Fortaleza é o favorito, com 38,2% de possibilidades de vencer. O empate fica com 20,8 e a possiblidade de vitória do Confiança com 35%. Na verdade entre a possibilidade do Fortaleza e a do Confiança há em empate técnico, 38% contra 35%, donde se infere que a partida será duríssima e bem disputada.

 

Não temos como avaliar com dados mais seguros com se portará o time do Fortaleza, por não sabermos se o Zago conseguiu nesses poucos dias infundir um pouco mais de garra na equipe. Contra o Cuiabá vislumbramos uma equipe mais aguerrida, que melhorou a   saída de bola e a articulação das jogadas no meio de campo, mas que não foi eficiente no ataque.

 

Para complicar a defesa tricolor, que vinha tendo boas atuações falhou bisonhamente no gol do time alagoano. O zagueiro do CSA carregou a bola até à nossa intermediaria, sem ser molestado e lançou entre o Felipe e o Edimar para o atacante no espeço vazou.

 

Para compor o resto da obra dantesca, o Edimar, que tinha tudo para cortar a trajetória da bola, furou feio, o Boeck saiu atrasado como resultado é que tivemos que correr atrás do prejuízo, conseguindo um empate e desperdiçando a chance de classificação automática e antecipada.

 

A nossa expectativa é a de ver um Fortaleza valente e aguerrido, lutando pela vitória e não acomodado com o  empate,  que é um resultado muito perigoso. Já vimos um filme parecido em 2013, contra o Sampaio Corrêa, em que um bola vadia, nos últimos minutos,   nos tirou da segunda fase, naquele fatídico empate de 2 x 2.

 

Vamos mudar o disco. Falemos de coisas boas para dizer que acredito piamente na vitória e que hoje sairemos classificados. Consoante as informações, a confiança e a união do nosso grupo é muito forte e todos estão empenhados em conseguir um triunfo nesta partida, resultado que dará ao Fortaleza a tranquilidade para se preparar para a fase eliminatória. Confiemos.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.