Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

MANIPULAÇÃO DE PÚBLICO - VERDADE OU BOATO?

17 Nov 2017

                                  MARCELO PAZ AOS POUCOS VAI RECOMPONDO A DIRETORIA

 

O Conselho Deliberativo em reunião do dia 14 de novembro, terça-feira, na sede do clube, no Pici, aprovou por unanimidade os nomes dos novos diretores,  indicados pelo presidente Marcelo  Paz,  que comporão a Diretoria Executiva. São eles:

Daniel de Paula Pessoa - Diretor de Futebol Profissional.

Gentil de Lima Leite - Diretor Financeiro

Manoel Tarcísio Júnior  (Burunga) - Ouvidor

João Fontenele Tahim - Representante na do clube na FCF.

 

Aos novos diretores, que se somarão aos que permaneceram no cargo, desejamos muita sorte e que os mesmos possam contribuir para o engrandecimento do Fortaleza, no ano do seu centenário. Sabemos, por experiência própria,      quão difícil é participar de uma diretoria, em que o trabalho por vezes é desgastante e nem sempre reconhecido, razão por que vamos torcer pelo sucesso de todos.

 

Todos encontrarão dificuldades pela frente, contudo, as missões mais espinhosas ficam por conta dos diretores Financeiro e de Futebol. O primeiro porque tem a missão de gerir os recursos para viabilizar o cumprimento das metas orçamentárias do clube.

 

O segundo, evidentemente,  que ao lado do presidente e da comissão técnica,  tem a difícil  e árdua tarefa de montar, com recursos por vezes escassos, um time competitivo que possa conquistar os objetivos propostos: Campeonato do centenário e à ascensão a Série A.

 

Tarefas difíceis, porém não impossíveis de se concretizarem, cuja consecução ficará mais fácil se todos trabalharem unidos e seguindo a mesma cartilha. A união de todos será o grande elã e a energia que moverá o clube rumo ao seu destino de emérito vencedor.

 

Está sendo divulgado aos quatro ventos que o público do Ceará no jogo contra o Paysandu foi fictício e que foi informado com a complacência da Federação, cuja divulgação incorreta e possivelmente manipulada,  tinha por objetivo  apresentar o nosso rival como o clube detentor do maior público do ano, primazia que pertence ao Fortaleza, no jogo contra o Sampaio Corrêa.

 

Desse modo a informação atribuída a um repórter da TV Diário, denuncia que foi divulgado o montante de público pagante superior aos quarenta e cinco mil, com o fito de superar a marca do Fortaleza, que é de 43.778 pagantes. Ressalte-se que os especialistas em público, contestaram os números apresentados, antes mesmo que a notícia do possível engodo fosse divulgada.

 

Consoante à fonte citada, o público correto do nosso rival foi de 39.331 pagantes e se verdade for, não há como  não repudiar esse tipo de logro e de dolo, que não contribui para a  decência e com a ética, e tampouco para com os bons princípios morais que devem ser a regra,  paradoxalmente, num momento em que a nação está imbuída do desejo de acabar com a corrupção e de extirpar as falcatruas, especialmente no futebol.

     

O que temos de certo é que na súmula da CBF os dados financeiros relativos ao jogo Ceará e Paysandu estão indisponíveis, não nos permitindo aquilatar se a informação divulgada pelo aludido repórter condiz com os números constantes do borderô.

 

Entendemos que, se verdade for, a CBF, possivelmente não vai concordar com esse tipo de manipulação, até para resgatar a sua dignidade, maculada por tantas denúncias de irregularidades. Particularmente sempre vamos nos bater para que a decência e o decoro voltem ao futebol, que tem tido a sua imagem denegrida e maculada, após tantas denúncias de corrupção.

 

Não queremos nada do outro mundo. Apenas que as disputas ocorram num ambiente de transparência e que não sejam usados subterfúgios ilícitos para que um determinado clube supere o outro.

 

Está na hora do nosso futebol primar pelos bons princípios morais e pela urbanidade, para que as regras sejam cumpridas com lealdade e honestidade. Precisamos cultivar a afabilidade, a civilidade e a cortesia. A deslealdade, indiscutivelmente, representa um desvio de caráter, que abominamos,  leva ao desvio de conduta e à transgressão da boa norma.

 

Pensamento do Dia – Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser pôr à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder. (Abraham Lincoln).

 

Por hoje c’est fini.  

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.