Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

A LUTA DO FORTALEZA FICOU MAIS RENHIDA

19 Nov 2017

                                                          BRIGA DE FOI NO ESCURO À VISTA!

 

A Série B se definiu no dia de ontem. Ascenderam à divisão principal do nosso futebol o América Mineiro e o Internacional, ambos lutando pelo título da competição, com vantagem no momento do time belo-horizontino, que tem dois pontos a mais, 70 contra 68. Garantiram ainda participação em 2018 na elite do futebol brasileiro o Ceará com 64 pontos e o Paraná com 63.

 

A decisão do título, entre América e Internacional ficou adiada para a última rodada e os dois clubes, praticamente jogam por vitória, sendo que, o Internacional tem que vencer e torcer por um tropeço do time verde e preto. O América pega em casa o CRB, décimo terceiro, com 45 pontos,  e o Internacional enfrentará o Guarani, décimo sexto,   com 44 pontos.

 

Teoricamente, mas tão somente na teoria, embora em termos de pontuação CRB e Guarani estejam separados por penas um ponto, o América tem um confronto mais difícil, vez que enfrentará o décimo terceiro colocado, o CRB, que tem 45 pontos. O Internacional enfrenta o Guarani, que tem 44  e se encontra na décima sexta posição.

 

Presume-se que o Guarani, que escapou por um triz do rebaixamento, estará relaxado e sem alguns dos seus titulares, especialmente o Fumagalli que, do alto dos seus quarenta anos, se constituiu no principal jogador do time campineiro.

 

Bem, o nosso futebol conseguiu duas ascensões, muito salutares, vez que, nos últimos anos vimos perdendo terreno com relação a alguns centros esportivos que nos ultrapassaram e nos deixaram na poeira, a exemplo de Santa Catarina e,  de certa forma, ou de vez em quando,  as nossas equipes têm se complicado diante de clubes oriundos de centros menos adiantados.  

 

No caso do Fortaleza, que outrora enfrentava os grandes clubes do futebol brasileiro e que ora foi superado pelo CSA, na disputa do título da Série C, estima-se que, em condições normais, isto é, se tivesse um poderio maior ou idêntico ao que ostentava no final da década passada, sem nenhuma dúvida, passaria por qualquer equipe do futebol alagoano de roldão.

 

Apenas para reforçar o nosso ponto de vista, lembramos que recentemente o Fortaleza foi eliminado da Copa do Brasil,  pelo São Raimundo, time de Santarém, interior do Pará e não faz muito,  o Ceará foi eliminado da Copa do Brasil, pelo Central de Caruaru, do Buiu  e da Copa do Nordeste, pelo ASA, do Léo Gamalho.  

 

Dessa forma, essas duas ascensões reativa e reabilita o futebol cearense, ao passo que traz mais responsabilidades para o Ceará e o Fortaleza, que devem evitar o bete-volta, ou o chamado efeito bumerangue, em que o clube sobe para uma divisão superior e,  no final do ano seguinte,  volta para a série de origem, o que acabou acontecendo neste no com o ABC.

 

Do ponto de vista do Fortaleza, já que o nosso rival não é problema nosso, a responsabilidade e o fardo ficaram muito pesados, uma vez que a partir do dia dez de janeiro, disputará um campeonato dos mais importantes da história, o do centenário e com a obrigação de vencê-lo.

 

O Tricolor  se digladiará, no Cearense,  com um adversário que receberá cotas muito mais elevadas, cerca de três vezes  maiores do que as suas, donde se depreende que continuará a luta do Golias contra o Davi,  similarmente ao que vem ocorrendo nos últimos oito anos.

 

O que nos alegra é que se na Série C, o Fortaleza vivia a pão e água, mas na Série B terá cotas mais significativas, que lhe permitirão formar elencos melhores do que os antecessores. Não temos a menor dúvida de que o Fortaleza superará, com relação ao rival, a barreira da diferença pecuniária com muita garra e muita luta.

 

A luta continua e muito mais renhida,  e em nada diferente do que ocorreu nos anos pregressos e essa certeza de que o Fortaleza conseguirá vencer as vicissitudes com bravura e com elevado espírito de luta se configura como uma  convicção que nos anima e nos impulsiona para frente!

 

Pensamento do Dia –  Não  deixe que as pessoas te façam desistir daquilo que você mais quer na vida. Acredite. Lute. Conquiste. E acima de tudo, seja feliz! (Autor Desconhecido).

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.