Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

CAEM CORITIBA E AVAÍ

 

Encerrada a Série A e já temos definidos os vinte clubes da Série B, visto que na última rodada Coritiba e Avaí sacramentaram as suas quedas. O Avaí já se encontrava virtualmente rebaixado, haja vista que, consoante os especialistas, contava com 92% de chances de rebaixamento e, ainda por cima,  se digladiava fora de casa com um Santos lutando pelo vice-campeonato.

 

 

Despediu-se honrosamente ao empatar em 1 x 1 com o Santos, em plena Vila Belmiro, resultado que tirou do time santista toda e qualquer possibilidade de ser vice. Bastava-lhe vencer para ficar com a segunda colocação. Evidentemente que o Palmeiras que ficou com o  segundo lugar, vez que terminou com os mesmos 63 pontos  do Santos, ganhando no número de vitórias, 19 contra 17, agradeceu penhoradamente a ajuda prestada pelo time catarinense. Quem tem sorte puxa por ela.

 

Já com o Coritiba a situação foi mais complicada, posto que contava apenas com 9% de possibilidades de ser degolado, contudo, um gol aos quarenta e nove minutos do segundo tempo o tirou da Série A. Tristeza de uns, alegria de outros, pois o gol que rebaixou o Coritiba foi o mesmo que colocou a Chapecoense na Libertadores.

 

De modo que a Série B está composta e desta feita   não tem nenhum clube que possa ser considerado e reputado como medalhão. O Coritiba provavelmente pode ser classificado num degrau acima dos demais,  mas a diferença não é tão acentuada, especialmente  para o Fortaleza que já está habituado a se digladiar com grandes clubes.

 

A Série B,  considerando-se as regiões, ficou assim distribuída: Região Norte - 1 clube: Paysandu. Região Nordeste -  4 clubes: Fortaleza, Sampaio Corrêa, CRB e CSA. Região Centro-Oeste -  3 clubes: Atlético Goianiense, Goiás e Vila Nova. Região Sudeste -  5 clubes: Boa Esporte, Guarani, Ponte Preta, Oeste e São Bento. Região Sul – 7 clubes: Brasil de Pelotas, Criciúma, Avaí, Figueirense, Coritiba, Londrina e Juventude.

 

Em se tratando de agremiações por estado, São Paulo tem 4 clubes: Guarani, Oeste, Ponte Preta e São Berto. Santa Catarina tem 3: Avaí, Figueirense e Criciúma. Goiás também tem 3: Atlético (GO), Goiás e Vila Nova.

 

Fechando o rol dos estados com mais clubes temos: Rio Grande do Sul com 2: Brasil de Pelotas e Juventude. Alagoas com 2: CRB e CSA. Paraná também 2: Coritiba e Londrina. 16 clubes estão localizados, portanto,  em 6 estados: São Paulo, Goiás, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Alagoas e Paraná.

 

Quatro estados têm apenas um clube: Ceará: Fortaleza; Maranhão: Sampaio Corrêa; Minas Gerais: Boa Esporte e Pará: Paysandu. Excetuando o Boa Esporte, Fortaleza, Paysandu e Sampaio têm grandes torcidas que, por certo farão a diferença.

 

Em São Paulo Guarani e Pente Preta têm grandes torcidas, evidentemente que nenhuma se compara a do Fortaleza, que, no meu ponto de vista, na edição de 2018 rivaliza apenas e tão somente com a do Coritiba, com vantagem para o Tricolor. A sorte está lançada. Grande chance para o Fortaleza chegar à Série A, desde que forme um bom elenco.

 

O noticiário está dando o Fortaleza como carta fora do baralho no que tange à sua participação na Copa do Brasil. Ainda não entreguei os pontos e por uma razão muito simples: Todas as contas e conjeturas que estão sendo feitas se baseiam no ranking em vigor, que será recalculado e atualizado ainda neste mês e nele não se sabe ainda a colocação do Fortaleza e muito menos dos concorrentes.

 

Prefiro aguardar, tendo em vista que o Fortaleza, que vinha caindo no ranking, em razão dos oito anos na Série C, neste ano, em decorrência do vice-campeonato evoluiu, somando oitocentos pontos. Tivesse se sagrado campeão da Série C e somaria mil. Analisando-se por esse prisma conclui-se que qualquer prognóstico no momento soa como precipitado.

 

Pensamento do Dia – O mundo pertence aos otimistas: os pessimistas são meros espectadores. (Dwight Eisenhower).

 

Por hoje c’est fini.

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.