Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

FORMAÇÃO DOS ELENCOS DOS CLUBES DA SÉRIE B DO NORTE E NORDESTE

 

Ao passo que vivemos a expectativa da montagem do elenco tricolor acompanhamos a movimentação dos nossos concorrentes, mormente dos clubes do Norte e Nordeste. O Paysandu está  um pouco atrasado na renovação do seu elenco e,  assim como Fortaleza e CRB está num período de conversações.

 

Em parceria com o Fluminense, está trazendo das suas categorias de base, o atacante Peu e o zagueiro Derlan que, numa espécie de período probatória, firmaram contrato até o final do Campeoanto Paraense, com possibilidades de renovação para a Série B.

 

O Sampaio Corrêa está mais adiantado e já apresentou o elenco para a pré-temporada,     composto de 25 jogadores,    visando as competições de 2018. Têm muitas novidades na composição do time,  que será dirigido pelo segundo ano consecutivo pelo treinador Francisco Diá.

 

Contratou 10 jogadores, que representam 40% de renovação. Goleiros: Andrey (ex-Volta Redonda), André Luiz (ex-XV de Piracicaba). Laterais: Bruno Moura (ex-Cuiabá), James (ex-Bragantino). Zagueiro: Joécio (ex-Campinense).  Estas são as novidades do sistema defensivo do time maranhense.

 

Para o setor de contenção contratou Nonato (ex-Altos/PI). Pra o setor de criação trouxe Rafael Pernão (ex-Volta Redonda). Para o ataque contatou Jonas Piupiu (ex-Maranhão), Erikys (ex-Porto/PE) e Marcelinho (ex-América/RN).

 

Renovou com 9 jogadores, que representam 36% do elenco. Zagueiros: Maracás, Odair Lucas e Fredson. Volante: César Sampaio. Setor de Armação:  Marlon, Wellington Rato e Fernando Sobral. Atacantes: Reginaldo Júnior e Uilliam.

 

Agregou 6 jogadores da Base, que representam 24% do elenco. Goleiro: Wanderson. Lateral:  Wesley. Zagueiro: Silas. Volantes: João Victor e Marcelo Giusti. Atacante: Igor Fernandes. O clube pretende contratar ainda mais 5 jogadores.

 

O CSA manteve o técnico Flávio Araújo e já está com o elenco praticamente formatado, composto de 27 jogadores. O treinador Flávio Araújo pretende trabalhar com 30  jogadores, de modo que o clube pretende fazer mais três contratações.

 

Manteve do elenco que ascendeu à Série B os goleiros Mota,  Cajuru e Dalton; os laterais Celsinho e Rafinha. Na zaga permaneceu com os zagueiros Leandro Souza,  Lobão e Cristiano.  No meio de campo renovou com os volantes   Dawhan, Boquita e Marcos Antônio e com os meias Daniel Costa, Didira e Caíque.  Manteve os atacantes Michel e Maxuel permaneceram.

 

As contratações se compuseram dos laterais:  Talisson (ex-Guarani de Juazeiro e Paulinho (ex-Londrina). Contratou os volantes: Yuri (ex-Bahia), Escreveria (ex-ABC), Joílson (ex-base do Palmeiras) e Mazinho (ex-ASA). Os novos atacantes são: Leandro Kível (ex-ASA) e Juliano Levak (ex-Guarani de Palhoças).

 

Trouxe da base apenas 3 jogadores:  O zagueiro   Anderson e os volantes Léo e Filipe. Vemos, dessa forma,  que o CSA,  dos clubes pesquisados do Norte e Nordeste e que comporão a Série B de 2018  é o que está mais à frente com relação à composição do elenco.

 

Essa partida na frente dos demais, e em que apenas o Sampaio Correa está num patamar parecido, deveu-se muito ao elevado índice de renovação com os jogadores que o levaram  ao título de Campeão Brasileiro da Série C, a qual representou 40% do atual plantel. As contratações foram em torno de 29% e o aproveitamento de atletas da base 11%.

 

O CRB se configura como um dos clubes mais atrasados na recomposição do elenco. Renovou apenas com quatro jogadores: Os laterais Diego e Edson Ratinho; com o zagueiro Flávio Boaventura e com o volante Olívio. As tratativas de renovação com o goleiro Edson Kolin estão bastante adiantadas.

 

O Diretor de Futebol Alarcon Pacheco informou que as negociações com cerca de 10 jogadores estão bastante adiantadas, cujos nomes só serão revelados após a assinatura dos pré-contratos. Informou ainda do interesse do clube pelo volante Juliano, que tem passagem pelo Fortaleza e que se encontra no Figueirense.

 

O Fortaleza até agora permanece oficialmente com 9 jogadores do elenco que conquistou o acesso e o vice-campeonato brasileiro, donde os goleiros elevam o percentual de renovação, vez que todos permaneceram no clube:  Boeck, Matheus Inácio, Mateus Jesus e Max Walef. Continuam os laterais Felipe e Bruno Melo; o zagueiro Adalberto; o volante Anderson Uchoa e o atacante Paulo Sérgio.

 

Cogita-se que o clube está renovando com o zagueiro Ligger e o lateral e volante Pablo,     contudo, não há nada de oficial. Fez apenas 3 contratações: O volante Derley, o meia João Henrique e o meia-atacante Edinho, revelado pelo clube e que ora retorna à casa paterna.

 

O elenco oficial do Tricolor compõe-se, no momento, apenas de 12 jogadores, aos quais se somarão os jogadores da base, cujo rol ainda não está fechado e que deve girar em torno de cinco atletas, cuja definição, acredito que só venha a ocorrer com o crivo do Rogério Ceni.

 

Pensamento do Dia: A ansiedade e o medo envenenam o corpo e o espírito. (George Bernard Shaw).

 

Por hoje c’est fini.

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.