Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

PARCERIA QUE DEU CERTO ENTRE MILAN E INTERNAZIONALE NO GIUSEPPE MEAZZA.

24 Dec 2017

 Estádio Giuseppe Meazza ou San Siro.

 

O Prefeito Roberto Cláudio está acenando com a possibilidade do Estádio Presidente Vargas vir a ser administrado por um consórcio formado por Fortaleza e Ceará. Em que pese o presidente do Tricolor,   Marcelo Paz,  ter desconversado,  declarando que desconhece o assunto, consoante o prefeito, os entendimentos estão bastante avançados, numa iniciativa que podemos dizer que se configura como o primeiro passo para  que o nosso futebol, adquira maior maturidade.

 

O Presidente Vargas, que foi inaugurado em       14 de setembro de 1941, cuja partida inaugural foi realizada entre      Ferroviário 1 x 0 Tramways-PE, teve o seu primeiro gol marcado pelo atleta Chinês, pertencente ao Ferroviário. Até 1973, num período de 36 anos, quando começou a Era Castelão, se configurava como o maior estádio do estado do Ceará.

 

O velho estádio do Bairro do Benfica é muito querido pelos desportistas cearenses, independentemente da torcida, tanto pela sua beleza singela, como pelo fato de ficar num bairro dos mais centrais da cidade. Ressalte-se que, encravado no Benfica, existe um bairro não formal, cujos moradores lutam pelo seu reconhecimento, a Gentilândia, de modo que, não raro, a imprensa o denomina de Estádio da Gentilândia.

 

Dentre os dez maiores públicos do Presidente Vargas, o Fortaleza contribui com cinco, e sem que tenha se defrontado com o maior rival e a exceção do Grêmio, atuou contra times sem torcida. O Ceará contribui com outros cinco, mas com enfrentando grandes agremiações do Brasil, a exemplo do Flamengo. Por outro lado o maior público de todos os tempos pertence ao Fortaleza, no jogo contra o Oeste.

 

Outro handicap a favor do Fortaleza é que, no jogo contra o Oeste o ingresso custava R$. 40,00, enquanto nos jogos do Ceará os preços praticados sempre foram mais baixos. Três destas partidas, contra ASA, Tiradentes e Botafogo (PB), os preços praticados foram de R$. 10,00, que representam mais de 50% dos seus jogos,  em que os ingressos, como se diz popularmente, foram vendidos a preço de banana.

 

Depreende-se, desse modo que a torcida do Tricolor, numa prova inconteste da sua fidelidade e da sua grandeza, independentemente do custo do ingresso, sempre lota os estádios, tanto no Presidente Vargas, como no Castelão.

 

Reportamo-nos ao Presidente Vargas, com mais detalhes para que fique evidente a sua importância para o Fortaleza Cearense, mormente para os seus dois principais clubes, posto que, esses dados fortalecem o argumento dos que são favoráveis à parceria, dentre os quais nos inserimos.

 

É bom que se diga que recentemente Botafogo e Fluminense, conjuntamente administraram Engenhão, mas existe uma parceria vitoriosa no futebol mundial,  que persiste e se prolonga por mais de sete décadas, firmada entre Milan e Internazionale que são os gestores do maior estádio da Itália, o Giuseppe Meazza, com capacidade para 81.277 expectadores.

 

O estádio foi inaugurado em 19 de setembro de 1926 com o jogo Internazionale 6 x 3 Milan. Durante muito tempo foi considerado o maior estádio do mundo. Teve o seu nome oficializado em 1980, em homenagem ao jogador Giuseppe Meazza, falecido em 1979 e que atuou pelos dois clubes.

 

Acontece que o estádio, pertencente à Prefeitura de Milão, fica encravado no bairro San Siro e durante muitos anos foi a praça de esportes do Milan, cuja torcida continua chamando-o de San Siro. Em 1942 começou a parceria entre os dois clubes, que perdura até hoje e que é um grande exemplo para Fortaleza e Ceará.

 

O Estádio tem um museu contando a história e os feitos dos dois clubes e lojas pertencentes a ambos, que durante a semana funcionam normalmente. Nos dias de jogos abrem apenas as do clube mandante.

 

Uma parceria simples, que já passou de meio século    e que nos leva a acreditar que uma cogestão entre ambos para a administrar o Presidente Vargas, seja plenamente possível sendo salutar, inclusive,   no que diz respeito à sua conservação, sem falarmos nos ganhos financeiros. Sem dúvidas nenhuma, uma boa ideia. Melhor do que ela somente se a administração fosse apenas do Fortaleza. Estou sendo muito egoísta?

 

Pensamento do Dia -  A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida. (Desconhecido).

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.