Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

2018 - ANO JUBILOSO!

Ao iniciarmos a escrita desta coluna éramos 14.791 sócios e muitos estranham o fato de termos chegado bem pertinho dos 15.000 e até ultrapassado e termos caído tanto, haja vista faltarem cerca de 209 novos associados para a marca desejada e almejada. Nada de anormal, tendo em vista que neste fim de ano tivemos, pelo menos dois dias e meio de recesso,  no decorrer dos quais os planos anuais continuaram vencendo sem que fossem renovados.

 

Acredito que neste final de semana tudo seja normalizado e consigamos consolidar os 15.000, lembrando que o meu vaticínio é de que, com a bola rolando atingiremos os 16.000, ainda neste mês, o que é muito bom, especialmente para o torcedor que terá direito a assistir quatro jogos, praticamente pelo preço de um. É pegar ou largar.

 

Por falar em sócio surgiu uma novidade importante e que deixa o Tricolor em consonância com a lei, visto que, a partir deste mês os torcedores com 60 anos ou mais pagarão em qualquer plano, excetuando o de conselheiro, apenas meia entrada, de modo que um plano, como por exemplo o Leão Fiel, cuja mensalidade é de apenas R$. 44,90 por mês, passará a custar tão somente R$. 22,45.

 

Por essa iniciativa estão de parabéns, os mentores,   os organizadores e os administradores do Projeto de Sócios  Leões do Pici e de modo particular a diretoria tricolor e o Gigliani Maia, gerente do projeto. Não há a menor dúvida de que essa foi uma medida simpática e oportuna, que atrairá ainda mais o pessoal da melhor idade.  O Fortaleza que é o Clube da Garotada, agora passa a ser também o Clube da Terceira Idade.

 

As caravanas do Projeto Leões do Interior já elaboraram a programação para o mês em curso, em que serão visitadas quatro cidades: Sábado, dia 6, estará em São Benedito. Domingo dia 14, será a vez de Cascavel. No sábado, dia 20 a festa será em Canindé e, por fim, no sábado dia 27,  será a vez da cidade praiana de Aracati. Desnecessário dizer que o projeto está sendo um sucesso e que várias cidades já se encontram na fila.

 

Inicia-se o ano do Centenário e, por curiosidade verificamos o desempenho de alguns clubes brasileiros, no ano em que comemoraram um século de existência e nem todos obtiveram o êxito desejado. Para cerca de 66,6% dos clubes pesquisados o ano magno foi um fiasco.

 

No rol dos que fracassaram temos:

 

1 - CORITIBA - Completou 100 anos em 2009  e não teve motivos para comemorar. Perdeu o paranaense par ao rival Atlético e foi rebaixado no brasileirão.

2 - GUARANI – Voltou à Primeira Divisão do Paulistão, mas na Copa do Brasil foi eliminado pelo Horizonte (CE). Conseguiu permanecer na Série B.

3 - SPORT -  Viu o rival Santa Cruz ser campeão, ficando em terceiro lugar e escapou da Série C na última rodada.

4 - BOTAFOGO – 2004 - No ano do centenário voltou para Primeira Divisão e escapou de um novo rebaixamento na última rodada. No Estadual foi o quinto colocado.

5 - GRÊMIO – 2003 - Centenário para esquecer. Sexto lugar no Campeonato Gaúcho. Na Libertadores caiu nas quartas-de-final para o Independiente de Medellín e somente se  salvou do rebaixamento no Brasileirão na última rodada.

 

6 - ATLÉTICO MINEIRO –  2008 - No Mineiro um vice-campeonato tomando de cinco do Cruzeiro no primeiro jogo. Na Copa do Brasil foi eliminado pelo Botafogo.

7- FLAMENGO - Primeiro clube do país a completar o centenário, 1995. Perdeu o título carioca com o gol de barriga do Renato Gaúcho e a Supercopa da Libertadoras no Maracanã para o Independiente (ARG). O melhor ataque do mundo com Romário e Sávio virou o pior ataque do mundo.

8 – Corinthians – Centenário em 2010 – Foi mal no ano do Centenário. Ficou em 5º no Paulistão e caiu na Libertadores para o Flamengo nas oitavas de final.

9 – Palmeiras -  2014 – Foi eliminado nas semifinais do Paulista pelo Ituano, que foi o campeão. Como consolo conquistou o  troféu Julinho Botelho, na vitória sobre a Fiorentina na Copa Euroamericana.

10 – Santa Cruz – 2014 – Ficou em terceiro lugar no campeonato pernambucanos vendo o Sport ganhar o título e o Náutico ser o vice. Na Série B foi o 14º.

 

Na coluna de amanhã falaremos sobres os clubes bem sucedidos, no ano do centenário, em cujo rol esperamos esteja o Fortaleza, neste ano que, com a graça de Deus, para nós será abençoado, pois, unidos teremos um ano jubiloso.

 

Pensamento do Dia -  Os velhos acreditam em tudo, as pessoas de meia idade suspeitam de tudo, os jovens sabem tudo. (Oscar Wilde).

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.