Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

UNICLINIC E FORTALEZA FARÃO A SUA RENTRÉE NO CAMPEONATO NESTA NOITE

18 Jan 2018

Fortaleza e Uniclinic estreiam hoje no campeonato cearense, em partida que será disputada no Estádio Presidente Vargas, às 21:30, sendo mandante o clube da Precabura. A partida terá a transmissão do canal Esporte Interativo para todo o Brasil. A arbitragem será do  Gleysto  Gonçalves com assistências de  Arnaldo Souza e Moysés Freitas.

 

Para essa partida os ingressos custarão  R$ 40,00 (arquibancadas), R$ 120,00 (cadeira social) e os sócios do Fortaleza não terão direito ao acesso gratuito. Sob esse aspecto cabe uma crítica aos times pequenos que, parafraseando uma expressão de uma novela recente da Globo, são totalmente “desinteligentes”.

 

Esses clubes conseguem colocar, quando muito,    no máximo 200 expectadores em seus jogos e se fossem mais inteligentes e mais profissionais,  liberariam os sócios do Fortaleza e do Ceará, quando for o caso, evitando o boicote natural dessas torcidas, insatisfeitas com a falta de apreço, com que são aquinhoadas.

 

Fossem mais inteligentes,  os clubes que orbitam em torno de Fortaleza e Ceará, não poriam objeções para a entrada dos sócios torcedores e, em  contrapartida,     contariam com a  presença maciça de público nos seus jogos que, por certo, compensaria esse gesto de boa vontade para com o sócios torcedores de Fortaleza e Ceará.

 

Há dez anos, pelo campeonato cearense, o Fortaleza, mais precisamente no dia 17 de janeiro de 2007,  vencia o Uniclinic por 2 x 1. A expectativa é a de que, na data em que comemora esse triunfo, possa conseguir mais uma vitória, que fará com que o time estreie de forma auspiciosa no campeonato deste ano, infundindo mais confiança na torcida, neste ano em que comemora o seu centenário.

 

O Fortaleza, pelos investimentos e por ter mantido boa parte da base do time que conquistou o acesso,    incontestavelmente,  é o favorito para esse embate, em que pese o Uniclinic, sob nova direção, arrendado que foi pelo Ari, atleta revelado pelo Fortaleza e que atua no futebol da Rússia,  vir fazendo bons investimentos no futebol.

 

Os jogadores mais conhecidos do elenco do Uniclinic são o lateral-esquerdo Zé Aquiraz, que dentre outros clubes atuou por Sampaio Corrêa, Guarani de Juazeiro e Ferroviário; o Alan Fabrício que defendeu o Fortaleza, na Fares Lopes; o Ronda, ex-Guarani de Juazeiro e o Marcelo Nicácio, que em 2009 atuou pelo Fortaleza, marcando 16 gols em 33 jogos. Depois disso teve uma passagem apagada pelo Ceará.

 

O Uniclinic, fundado m 7 de março de 1997 está muito  modificado com relação às características iniciais. As cores não são mais azul e amarelo,   visto que agora passaram a ser vermelho,  branco e preto, predominando o vermelho.

 

O próprio nome está em processo de mudança, passado de Uniclinic Atlético Club para Clube Atlético Cearense. O Uniclinic pretende diversificar e mudar um pouco a sua atividade-fim passando a investir mais na formação de novos atletas.

 

O Fortaleza, para esse importante embate, que se configura como o pontapé inicial da sua campanha em busca do título do centenário, formará com: Marcelo Boeck, Tinga (Felipe), Diego Jussani, Ligger, Leonan; Anderson Uchôa, Pablo, João Henrique (Igor Henrique); Leo Natel, Gustavo e Alípio.

 

Afora esses atletas ainda estão relacionados, completando-se 20 jogadores: Matheus Inácio, Murilo, Bruno Melo, Sérgio, Wesley, Gérman Pacheco e Jacaré. Quase todos o plantel tricolor entrou na relação, a exceção do Adalberto, recuperando-se de operação; do Alan Mineiro, ainda fora de forma; do Edinho recém saído de contusão, do Derley, suspenso pelo STJD e dos goleiros Matheus Jesus e Max Walef.

 

O Uniclinic, ou Atlético Cearense, como queiram, para esse importante confronto com o Fortaleza alinhará com: Marcelo; Leonardo, Tiago Garça, Anderson Sobral, Tanguinho; Daniel e Guilherme; Pedro Neto, Marlon, Ronda e Marcelo Nicácio.

 

A expectativa é a de que tenhamos uma partida bem movimentada, mas com a vitória do Fortaleza que, para tanto, contará com o apoio de boa parte da sua torcida, mesmo diante da intransigência do Uniclinic, que poderia ter liberado os sócios,   mediante acordo, auferindo assim um lucro maior.

 

Pensamento do Dia – O burro nunca aprende, o inteligente aprende com sua própria experiência e o sábio aprende com a experiência dos outros. (Provérbio Chinês).

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.