Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

OS CINCOS PRIMEIROS JOGOS DA SÉRIE B NOS DIRÃO A QUANTAS ANDARÁ O FORTALEZA.

 

Analisando-se as cinco primeiras partidas do Fortaleza na Série B temos a convicção de que após as suas disputas  já teremos uma noção mais abalizada do desempenho técnico do time, haja vista que de momento ficamos impossibilitados de fazer quaisquer prognósticos, especialmente se considerarmos que a equipe ainda não foi devidamente testada e, por outro lado, ainda se encontra num processo de formação.

 

Por outro lado os adversários ainda são uma incógnita, especialmente se considerarmos que alguns deles disputam campeonatos da Série A2 paulista e outros a Série A1 Paulista, caso do São Bento, de modo que não há como aquilatar a capacidade técnica de cada um desses clubes que, por certo ainda irão reforçar as suas fileiras.

 

O Tricolor fará a sua estreia contra o Guarani de Campinas, que disputa a Série A2 do Paulistão, na qual se encontra na quinta posição, como 9 pontos conquistados. Lembrando que o time campineiro ascendeu à B em 2016, em que se sagrou vice-campeão. Essa divisão conta ainda com o Oeste,  o primeiro colocado com 13 pontos,  e que será adversário do Tricolor na Série B.

 

O segundo adversário do Fortaleza, fora de casa, será o Boa Esporte, que ascendeu em 2016, após sagrar-se campeão da Série C. O Boa Esporte no momento é o sexto colocado no Campeoanto mineiro, com sete pontos conquistados. Em razão do grau de dificuldade do Mineiro, subentende-se que o Boa seja uma equipe com bons predicados técnicos.

 

Na terceira rodada o Fortaleza se digladiará com o CRB, que ascendeu à Série B em 2014 e que é o primeiro colocado no campeonato alagoano, somando nove pontos, seguido do CSA, outro adversário do Tricolor na Série B, que soma sete pontos. No Grupo A da Copa do Nordeste o CRB é o primeiro posicionado com 6 pontos, seguido do Santa Cruz com 4. Um adversário forte e com o elenco praticamente fechado.

 

Na quarta rodada o Tricolor recebe o Londrina, um clube dos mais tradicionais do futebol paranaense que, nos últimos cinco anos vem num franco processo de recuperação, tendo em vista que chegou quase ao fundo do poço. O Londrina ascendeu em 2015 e na classificação geral está em terceiro lugar no campeonato paranaense. Teoricamente se configura como um oponente dos mais fortes.

 

O quinto jogo do Tricolor será contra o Goiás em casa, um dos mais tradicionais clubes do futebol   brasileiro e que no campeonato goiano reina absoluto na primeira colocação do Grupo A.  A título de informação frisamos que, o Vila Nova, outro goiano, adversário tricolor na série B,  é o primeiro do Grupo B e o Atlético Goianiense, o terceiro adversário tricolor no estado, está na lanterna do Grupo A.  

 

Por essa amostragem vemos que não existe adversário fácil e que o Fortaleza, nas cinco primeiras rodadas terá cinco pedreiras pela frente sendo de fundamental importância conseguir bons resultados, até porque terá três partidas em casa, em que, fazer o dever de casa se torna premente e necessário. Por outro lado precisamos resgatar o Fortaleza afeito a conquistar grandes resultados nos embates fora de casa.

 

Não esquecendo o Cearense temos que,  em jogo atrasado da terceira rodada,  o Guarani recebe o Uniclinic no Romeirão, às 20:15h, em  jogo que não terá a menor influência no que tange o posicionamento dos clubes que brigam pela ponta da tabela.

 

Será, no entanto, uma partida de seis pontos, vez que se o time juazeirense sair vitorioso, chegará a nove pontos e ultrapassará o próprio adversário na tábua de colocação. O Uniclinic, por sua vez, é o sexto colocado, com sete pontos, ocupando a última posição da zona de classificação, em que briga com o Horizonte e o próprio Guarani, pela classificação para a segunda fase.

 

O Uniclinic vencendo chegara a nove pontos e colocará três de vantagem sobre o Horizonte, o seu mais próximo concorrente e quatro sobre o Guarani, deixando bem encaminhada a classificação. Lembramos que o Guarani vencendo, somará nove pontos e ficará a três do Fortaleza, o primeiro colocado,  e contra quem atuará no próximo sábado.  Esse jogo de hoje poderá deixar o Guarani em posição das mais privilegiadas.

 

Pensamento do Dia - Há cinco degraus para se alcançar a sabedoria: Calar, ouvir, lembrar, sair, estudar. (Provérbio Árabe).

 

Por hoje c’est  fini.

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.