Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

VAMOS CONFIAR NO TEMPO E ACREDITAR  EM UM FUTURO AUSPICIOSO.

20 Feb 2018

 

O Fortaleza fechou com o Osvaldo e estou acompanhando as opiniões nas redes sociais. Uma grande maioria aprovou, contudo, uma minoria está insatisfeita porque o atleta só defenderá clube por três meses, provavelmente influenciada pela opinião de alguns antitricolores, ou simplesmente pelo fato de ser impossível   agradar a todos.

 

Alguns alegam, ainda, que nas sete partidas que o atleta deverá disputar pela Série B, possivelmente não terá um bom desempenho,   pois,  a tendência e a de que venha a tirar o  pé nas divididas, uma vez que uma contusão poderá atrapalhar o seu contrato com o time da Tailândia.

 

Antes de mais nada afirmo que respeito as opiniões contrárias, embora não concorde com as mesmas, isto porque o Osvaldo é cria do Tricolor e por onde passou se portou com elevado senso de profissionalismo, razão por que, de modo algum, iria manchar e macular essa carreira que se notabiliza pela retidão e pela firmeza de propósitos.

 

 

Por outro lado estamos antevendo e criando um problema, antes que ele venha a acontecer, como se fôssemos os arautos dos maus presságios. Está na hora de acabarmos com essa mania de sofrer por antecipação. Só Deus é o senhor do tempo e, por certo, reservará um futuro promissor para o Tricolor.  Quem sofre por antecipação sofre duas vezes. Prefiro apostar nas boas alvíssaras.

 

Reportamo-nos ao campeonato para dizer que o nosso rival está em terceiro lugar com 16 pontos e pretende lutar pela primeira colocação. Para que consiga o seu intento,  na partida entre Ferroviário e Fortaleza, o chamado “Clássico das Cores” não poderá ter vencedor. O Fortaleza vencendo irá para 21 pontos e não poderá ser alcançado, pois o máximo que o nosso rival  pode chegar é aos 19 pontos.

 

O Ferroviário, que se encontra no segundo lugar com 17 pontos, vencendo chegará aos 20 e também não poderá ser alcançado pelo time de Porangabuçu que, em tendo um vencedor na partida,  só poderá chegar ao segundo lugar, defenestrando o perdedor para a terceira colocação.

 

O nosso rival tem 16 pontos, uma vitória a menos e o mesmo número de gols marcados pelo Fortaleza, 19, perdendo, contudo, no saldo de gols, por dois gols.  Para chegar ao primeiro lugar não depende apenas de si, mas de um empate entre Ferroviário e Fortaleza, e desde que faça o dever de casa goleando o Tiradentes.  Lembramos que o Ceará e a sua torcida avaliam que a vitória sobre o Tiradentes será favas contadas. Será?

 

O Tiradentes, mesmo brigando para não cair, ainda não perdeu por uma diferença de três gols nesta primeira fase e o que se espera é um time lutando com unhas e dentes pela vitória que poderá, mediante uma combinação de resultados, livrá-lo do rebaixamento. Essa será a partida da sua vida. Presume-se que, por esses motivos deva ser um páreo duro para o Ceará.

 

A sua situação é das mais precárias, pois terá que vencer o Ceará, não podendo sequer empatar, pois tem apenas uma vitória, enquanto Guarani e Horizonte têm duas, e ainda tem que torcer por uma derrota do Guarani, o adversário mais direto, no embate contra o Iguatu, fora de casa. Só um milagre evitará a sua queda, pois vencer o Ceará não será uma tarefa fácil e pelo que produziu até aqui diria que é quase impossível.

 

O Horizonte ainda não escapou matematicamente do descenso, mas a sua situação é mais confortável, pois atua em casa na última rodada, contra o rebaixado Maranguape, precisando apenas do empate para escapar da degola, situação que deixa a briga para   escapar da última vaga do rebaixamento restrita entre Tiradentes e Guarani. 

 

Pensamento do Dia – Quem faz o homem feliz não é o dinheiro: É a retidão e a prudência. (Demócrito).

 

Por hoje c’est fini.       

 

 

 

 

 

 

 

                                                                 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.