Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

A IMPORTÂNCIA DA PRIMEIRA COLOCAÇÃO NA PRIMEIRA FASE.

21 Feb 2018

 

Fortaleza, Ferroviário e Ceará lutarão pela primeira posição, sendo que Fortaleza e Ferroviário dependem apenas de si, enquanto o Ceará depende do resultado do Clássico das Cores que, para a consecução do seu intento,  não poderá ter vencedor. Terá ainda que vencer o Tiradentes por um placar igual ou superior a três gols.

 

E por que essa primeira posição é tão importante, vez  que não influi e nem contribui na fase seguinte?  Para entendermos e, consequentemente respondermos a pergunta, necessário se faz que nos debrucemos sobre todos os critérios de desempate em cada uma das fases do Cearense.

 

Na primeira fase, em caso de empate em pontos entre dois clubes, os critérios de desempate são: Maior número de vitórias; melhor saldo de gols; maior número de gols prós; resultado do confronto direto ente ambos e sorteio.

 

Na segunda fase os critérios de desempate entre duas equipes são os mesmos, a saber:  Maior número de vitórias; melhor saldo de gols; maior número de gols a favor; resultado do confronto direto ente ambas e sorteio.  Da semifinal em diante esses critérios mudam.

 

Na fase semifinal os critérios de desempate entre duas equipes são mais restritos:  Ao final dos dois jogos, em caso de empate em pontos e no saldo de gols, o clube com melhor classificação na Segunda Fase estará classificado. Vemos desse modo que: Gols a favor; confronto direto e sorteio não contam nessa fase.

 

Na fase final em caso e empate em pontos e saldo de gol o clube com melhor campanha será o campeão. A melhor campanha será definida pelos seguintes critérios: 1º) maior quantidade de pontos ganhos na Fase Semifinal; 2º) melhor saldo de gols na Fase Semifinal;  3º) maior quantidade de pontos ganhos em toda a competição (Primeira Fase, Segunda e Fase e Fase Semifinal.

 

Respondendo à pergunta vemos que o primeiro lugar na fase classificatória compõe o terceiro critério de desempate na fase final, contudo não   entra sozinho, vez que passa a fazer parte do somatório de pontos junto com a Segunda Fase e a Semifinal. Mesmo assim tem a sua importância.

 

A segunda importância da primeira colocação tem relação com o mando de campo na Segunda Fase assim determinado:

 O 1º lugar da Primeira Fase terá os mandos de campos contra o 2º, 3º e 4º lugares da Primeira Fase.

O 2º lugar da Primeira Fase terá os mandos de campos contra o 3º, 5º e 6º lugares da Primeira Fase.

O 3º lugar da Primeira Fase terá os mandos de campos contra o 4º, 5º e 6º lugares da Primeira Fase.

O 4º lugar da Primeira Fase terá os mandos de campos contra o 2º e 6º lugares da Primeira Fase.

5º - O 5º lugar da Primeira Fase terá os mandos de campos contra o 1º e 4º lugares da Primeira Fase

O 6º lugar da Primeira Fase terá os mandos de campos contra o 1º e 5º lugares da Primeira Fase.

 

Pela colocação de hoje o Fortaleza teria o mando de campo nos embates contra Ferroviário, Ceará e Iguatu e não teria esse mando nas partidas contra Uniclinic e Floresta. Muito importante a conquista do primeiro lugar, vez que, nos embates com os dois principais rivais o Tricolor contaria com o apoio dos sócios torcedores, que teriam o acesso livre aos jogos, sem necessitar de concessões desses adversários.

 

Pensamento do Dia - De todos os presentes da natureza para a raça humana, o que é mais doce para o homem do que as crianças? (Ernest Hemingway).

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.