Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

JOGO DIFÍCIL E IMPORTANTE CONTRA O IGUATU.

                                                 OSVALDO RELACIONADO

 

Muito já falamos acerca do jogo envolvendo Fortaleza e Iguatu, em que ambos darão o pontapé inicial na segunda fase do Campeonato Cearense.  Reforçamos e demos ênfase o fato de que o Iguatu, debutante na Primeira Divisão, vem fazendo uma bela campanha em que se classificou em terceiro lugar, ficando atrás apenas de Fortaleza e Ceará e superando o Ferroviário.

 

Acerca do Iguatu, em que há uma confusão, haja vista que muitos avaliam que o mesmo já participou da divisão principal do nosso futebol, visando esclarecer o assunto, pesquisamos para que a verdade seja restabelecida e esclarecida e verificamos  que não é verdade.

 

Quem participou do Campeonato Cearense, nos anos de 1996 e 1997, em cujas edições classificou-se em décimo lugar, foi o Iguatu Futebol Clube, agremiação fundada em 21 de abril de 1995 e que foi extinta em 1998, não havendo, porém registros  da data.

 

O Iguatu Futebol Clube tinha a camisa azul, com detalhes azuis e brancos e calções azuis e a mascote e não esqueçam que mascote é uma palavra feminina, comum ao Iguatu atual, era o azulão. O detalhe é que a bandeira do clube era azul, branca e vermelha. Poucos são os registros daquela agremiação.

 

A Associação Desportiva Iguatu, o time atual, foi fundado em 17 de março de 2010, donde se depreende que a cidade de Iguatu ficou sem representante no futebol cearense durante 12 anos. O seu uniforme é composto de camisa azul,   calção branco e meião azul, mantendo do antigo Iguatu a mascote, o azulão.

 

Em 2012 foi o campeão da Terceira Divisão e em 2017 da Segunda Divisão do Campeonato Cearense, credenciando-se a participar da Primeira Divisão em 2018. Tem 3 participações na Copa Fares Lopes ficando em 2014,     na sexta posição e em 2015 e 2017 em quarto lugar. É um time de chegada.

 

Por tudo o que dissemos a respeito  do time, terceiro lugar, melhor defesa da primeira fase, quarto melhor ataque,  conclui-se que será um jogo importante, haja vista que, a Segunda Fase todo jogo é uma decisão, especialmente em razão de que cada clube fará cinco partidas e todas elas decisivas.

 

Em face de se classificarem apenas quatro clubes para as semifinais, o vencedor da partida de hoje, que esperamos seja o Fortaleza,  dará um passo importante rumo à classificação e como a disputa é em turno único, como se diz no jargão do futebol, uma competição de tiro curto, quem perde uma partida, praticamente não tem como se recuperar dos danos sofridos.

 

Por essa razão o Fortaleza está encarando o jogo   como uma decisão e o Rogério Ceni tem à sua disposição todo o elenco, a exceção do Derley, cuja situação jurídica está sendo resolvida. Relacionou 21 jogadores, dentre os quais o Osvaldo, que poderá entrar no decorrer da partida.

 

Na eventualidade do Osvaldo não estrear no jogo de hoje, acreditamos que faça o seu reaparecimento com a camisa do clube que o  revelou  para o futebol mundial, no jogo de domingo,  contra o nosso rival, cujo assunto  abordaremos a partir de amanhã, pois o foco hoje é o time iguatuense.

 

O Fortaleza vem bem, mas no nosso parco entendimento, necessita ainda encontrar o ponto do doce no meio de campo, onde o Alan Mineiro precisa ser titular, até para ganhar ritmo de jogo, fazendo-se premente, também, que o Rogério encontre uma companhia que lhe seja ideal.

 

Acredito que isso acontecerá no momento em que o Rogério definir quem será o outro meia titular e isso passa por armar o time com dois volantes e dois meias. Um volante mais fixo e outro, quando oportuno, saindo para o ataque e um dos meias voltando para compor o sistema defensivo. Conjeturo que essa seja a busca do Rogério Ceni. Estaremos atentos com relação à disposição tática do time no jogo de hoje.

 

Por todos esses motivos conclamamos a torcida e especialmente o quadro de sócios a comparecer ao Castelão na noite de hoje, objetivando incentivar o  time na busca dessa vitória, por demais importante para o Tricolor.

 

Lembramos que tanto no jogo de hoje, como no embate contra o Ceará, o torcedor terá preços promocionais para o Setor Bossa Nova, uma promessa do Presidente Marcelo Paz, que está sendo honrada e cumprida à risca.  Não há motivos para o torcedor não comparecer ao Castelão.

 

Pensamento do Dia – Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana…

 

Por hoje c’est fini.

.

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.