Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

MELHORES CAMPANHAS NA SÉRIE B, NA MODALIDADE DE  PONTOS CORRIDOS, NAS PRIMEIRAS SETE RODADAS.

31 May 2018

 

O sistema de pontos corridos na Série B entrou em vigor a partir do campeonato de   2006 e,  nesse modelo, em se computando apenas as sétimas primeiras rodadas,  Fortaleza, Corinthians,   Botafogo se configuram como os clubes que marcaram mais pontos nas mesmas,   19  cada. O São Bento também entra no rol, mas apenas com 11 pontos conquistados.

 

O Corinthians, campeão em 2008, obteve 6 vitorias e 1 empate. O Botafogo, campeão em 2015 conquistou igualmente 6 vitórias em 1 empate, mesmo desempenho do Fortaleza no ano em curso. A diferença é que os dois conquistaram o certame e não temos ainda a posição final do Tricolor e do São Bento, porque o certame ainda se encontra no seu início.

 

O Corinthians é o clube recordista em invencibilidade e em pontos na Série B nas primeiras rodadas, posto que em 2008 conheceu uma  derrota somente na décima segunda rodada, para o Bahia, quando perdeu por 1 x 0, após ter somado 27 pontos.

 

O segundo lugar nesse trio pertence ao Botafogo que ficou invicto até a oitava rodada em que somou mais um ponto, no empate em 1 x 1 com o Boa Esporte. Foi derrotado pelo Macaé, na nona rodada por 4 x 2. Desse modo, o time carioca é o segundo posicionado no cômputo geral, posto que ficou invicto em 8 rodadas, somando 20 pontos.

 

O terceiro time, com mais tempo de invencibilidade na Série B é o São Bento, que chegou invicto às oito rodadas, mas com apenas 12 pontos. Em razão da oitava rodada não ter ainda terminado, embora o São Bento já tenha intervindo na mesma, somente podemos fazer  comparações,  incluindo o Tricolor,  até à sétima rodada.

 

Nesses contexto Fortaleza, Corinthians,    e Botafogo, como vimos, continuam rigorosamente empatados em pontos e em resultados, 6 vitórias para cada e um empate e todos com 19 pontos amalhados. 

 

Tenho me deparado com pare da imprensa argumentando que o Fortaleza está apresentando essa campanha invejável pelo fato de que, no ano em curso o certame não conta com a presença de nenhum time grande, o que é muito relativo, pois no ano passado o “gigante” era o Internacional, mas o título foi conquistado pelo América Mineiro, um clube intermediário.  

 

Por outro lado se esse tipo de tese tivesse sustentação o nosso rival já era para ter sido campeão da Série B, isto porque, consecutivamente,   participou de 1987 a 2002, em 15 dições, sem que tivesse a participação de “gigantes” do futebol brasileiro, fato que só começo  a ocorrer a partir de 2003 com o Palmeiras.

 

Acredito que o Fortaleza está fazendo uma boa campanha por diversos fatores. O treinador, que tem visibilidade internacional,   conseguiu encontrar o ponto do doce, ou encaixar o elenco, como se diz no futebolês, calando a boca daqueles que o criticavam.

 

Por outro lado tem um bom elenco, que carece apenas de pequenos reparos;  tem uma diretoria profícua, formada por grandes valores e não estamos falando em abastados, mas em abnegados e conta com  o apoio imprescindível e inestimável do seu torcedor. Quando tudo isso se junta, e trabalhando a favor, com certeza, embora alguns refutem, dar liga. Isso é incontestável.

 

Por hoje c’est fini.

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.