Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

O CAMPEONATO JÁ FAZ AS SUAS VÍTIMAS

                                        COUTINHO E ROMARINHO BRILHANDO NA COPINHA

 

O CAMPEONATO JÁ FAZ AS SUAS VÍTIMAS

 

O nosso campeonato, que na primeira fase tem apenas 8 clubes, teve o seu pontapé inicial ontem com 3 jogos e um dos resultados nos surpreendeu. Reportamo-nos a Ferroviário 2 x 3 Atlético Cearense, isto porque o Ferroviário revestia-se da aura de favorito, vez que vinha de um título brasileiro da Série D e um mais recente, a Taça Fares Lopes.

 

O Atlético Cearense, ex-Uniclinic, premissa que defendemos  em uma das nossas  colunas mais recentes,  era uma incógnita, contudo, avaliávamos que poderia surpreender, haja vista que estamos num futebol, não só o tupiniquim, mas de todo o Brasil, que se não está em decadência, no mínimo estagnou.

 

No outro resultado o Barbalha, Campeão Cearense da Série B, venceu o Iguatu por 2 x  0. Na nossa ótica tratava-se de um jogo parelho, tendo em vista  que esperávamos mais do Iguatu, até porque tem no Roberto Carlos, um bom treinador.

 

Quando defendo a tese de que o futebol estagnou, ou parou no tempo, tenho que me ater aos times de médio porte do futebol cearense que, no passado,  contribuíam para revelar novos craques, situação que está ficando cada vez mais escassa e distante.

 

Vamos analisar de forma mais detida e mais acurada quando tivermos as súmulas da primeira rodada, contudo, na nossa avaliação não existe muita novidade, visto que na composição desses elencos tem predominado a aquisição de jogadores em   fim de carreira, praticamente inexistindo a renovação. 

 

Horizonte e Guarany de Sobral empataram em 1 x 1. Nesta partida, pelas circunstâncias cogitava-se que o Horizonte fosse o favorito e que o Guarany tivesse muitas dificuldades, isto porque nesta última semana o time sobralense ainda não tinha um elenco definido e nem sabia se teria campo para mandar os seus jogos.

 

De última hora o Junco foi liberado e ao que parece as divergências com o  poder municipal, propaladas pela imprensa cessaram, o clube conseguiu regularizar os seus jogadores no apagar das luzes, dias 3 e  4, ganhando condições para   estrear fora de casa com um resultado satisfatório.

 

Por essas razões consideramos que esse empate na casa do adversário, e no Domingão o Horizonte costuma ser um páreo duro, foi um excelente resultado para o time sobralense que tenderá a render mais, sob o comando do técnico Anderson Batatais, à medida em que estiver mais entrosado.

 

O Fortaleza conta no momento com um elenco de 24 jogadores, composto de atletas que já pertenciam ao clube e que renovaram, atletas agregados da Base e profissionais contratados.

 

Ressalte-se que o Sub-20, em que pese está fazendo uma boa campanha na Copa São Paulo de Juniores, encontra-se desfalcados de dois jogadores que se incorporam ao time principal: O meia Tião e o volante  André.

 

Pertencentes ao clube, com contrato mais longo, ou que renovaram temos: Goleiros: Marcelo Boeck, Max Walef e Matheus Inácio; laterais: Tinga, Diego Barbosa e Bruno Melo: volantes: Derley, Felipe e Sérgio; meias: Marlon; atacantes:  Ederson, Romarinho e Bruno Mota, este egresso do elenco da Fares Lopes e em fase de avaliação.

 

O clube contratou o goleiro Felipe Alves; o zagueiro Patrick; os laterais Diego Ferreira e   Carlinhos; o volante Paulo Roberto; os meias  Edinho e Madson e os atacantes Júnior Santos e Pedro Júnior.

 

Com relação à novas contratações o presidente Marcelo Paz informou que a prioridade primeira, se é que assim podemos dizer, ou seja, a antelação imediata, será   um zagueiro, um segundo volante e um meia.

 

O presidente frisou que todas as démarches relativas à formação do elenco contam com o aval e acompanhamento do treinador Rogério Ceni e que, concretizando-se  essas três contratações,  a equipe estará pronta para os dois desafios deste mês pela Copa do Nordeste: Náutico no dia 15, fora de casa e CSA no dia 27, no Castelão.

 

Pela segunda rodada da Copinha o Fortaleza goleou o Sertãozinho por 4 x 0 e se tivesse feito um gol a mais estaria na primeira colocação do grupo, vez que empata com Primavera, o dono da casa, no saldo de gols, mas perde no critério de gols marcados, 7 contra 6.

 

Destacaram-se nesta partida o atacante Coutinho, que tem nome de craque e marcou 2 gols; o Romarinho e Iago, cada um com 1 gol, sem esquecermos a defesa que ainda não foi vazada. Parabéns a todos.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.