Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

SAMPAIO CORRÊA -  A DECEPÇÃO DA PRIMEIRA RODADA

18 Jan 2019

                                                                          O campeão decepcionou!

 

SAMPAIO CORRÊA -  A DECEPÇÃO DA PRIMEIRA RODADA

 

O Vitória, um dos favoritos à conquista  da Copa do Nordeste, haja vistas ter muita tradição na competição, que  venceu  cinco edições, empatou com o CSA em 1 x 1 nos domínios do adversário, resultado que pode ser considerado dentro da normalidade, em se tratando de clássicos nordestinos.

 

Ocorre que o  CSA, em se preparando para a Série A,  foi um dos que mais contratou,  de modo que segundo as previsões, configura-se como um forte candidato à classificação para a segunda fase, contudo, esse empate foi de certo modo frustrante, ficando aquém  do esperado pelos analistas, que apostavam num resultado melhor.

 

O time foi completamente dominado pelo antagonista, com o  agravante é que o time baiano atuou com o Sub-23, o chamado time B, situação que deve estar preocupando os dirigentes do CSA que, pelo menos nessa primeira partida não vislumbraram uma equipe competitiva e com reais possibilidades de brigar pelo título da competição.

 

A expectativa era a de que o CSA, em função do Vitória ter agido com um certo descaso para com a competição, escalando o time B, fosse o senhor das ações,  conquistando um grande triunfo que animasse e infundisse confiança na sua torcida, o que efetivamente não ocorreu,  circunstância preocupante, que deve estar deixando a diretoria com as barbas de molho, embora a competição esteja apenas começando.

 

E por falar em início de competição,  ao nosso ver, o Sampaio Corrêa já tem motivos para esquentar a moringa, uma vez que foi impiedosamente goleado pelo nosso rival, por 5 x 0, placar que não admite refutação. A dúvida é apenas uma: O Ceará está plainando acima das nuvens ou o Sampaio Corrêa é uma equipe em frangalhos?

 

Ontem já discorremos sobre a opinião dos analistas, que calculam que  o nosso rival, ao lado do Bahia, é um dos favoritos para abocanhar o título, razão por que a nossa expectativa era a de que confirmasse o seu favoritismo, só não esperávamos que o fizesses de forma tão abrupta e avassaladora.

 

Com relação ao Sampaio pinçamos essa análise de um site especializado em apostas que traduz toda a situação do clube:  “O atual campeão vem de períodos turbulentos e péssimo 2018, terminando rebaixado para a Série C do Brasileiro. Houve uma grande reformulação no elenco, da qual somente   teremos uma real visão do rendimento da equipe quando a bola rolar”.

 

A surpresa da primeira etapa ficou por conta do Salgueiro que, fora de casa, de forma um tanto quanto inesperada, venceu o Confiança por 1 x 0, complicando mais ainda a vida do Sampaio, o maior derrotado da primeira rodada.

 

Em função de ter sido rebaixado para a Série D e de ter formado um elenco dos mais modestos, o Salgueiro é reputado como o azarão do grupo, mas em decorrência desse trinfo imprevisto, pode complicar a vida de muita gente. CRB, Santa Cruz e o próprio Sampaio que se cuidem.

 

Por hoje c’est fini.

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.