Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

O FORTALEZA TEM UMA TORCIDA QUE VALE OURO!

15 Feb 2019

                 RENDEMOS AS NOSSAS HOMENAGENS AO ANIVERSARIANTE DO DIA - SÉRGIO PAPELLIN.

 

 

O FORTALEZA TEM UMA TORCIDA QUE VALE OURO!

 

O FORTALEZA TEM UMA TORCIDA QUE VALE OURO!

 

O Fortaleza está trazendo de volta o Osvaldo, confirmando a máxima de que “o bom filho à casa torna” que, aliás tem uma conotação bíblica, embasada no retorno do filho pródigo.

 

Não que o nosso craque tenha cometido   algum erro ou pecado,  pelo contrário,  o que pontilha na sua vida são os acertos e a sua conduta ilibada, como atleta e como homem, na verdadeira acepção dessas palavras.

 

Eu havia dito que gostaria de ter o Osvaldo, o Marcinho, o Edinho e o Pedro Júnior fortalecendo o ataque tricolor, mas não vai ser possível vez que o Pedro Júnior foi envolvido na negociação com o Buriram United da Tailândia, que possibilitou a liberação do Osvaldo.

 

Não podemos ter tudo o que queremos, mas temos que ter forças para alcançar nossos objetivos, nos diz o pensamento de Priscila Souza. Foi exatamente isso que fez a diretoria tricolor que teve forças e coragem para trazer o Osvaldo, mesmo num momento em que o clube não está nadando em dinheiro, razão por que necessita como nunca do apoio da sua torcida.

 

E por essa razão o  Fortaleza lançou ontem a campanha #VoltaOsvaldo, que tinha por escopo conseguir os meios financeiros necessários para o cumprimento dos acertos financeiros com o jogador e empresário, a exemplo das “luvas’, que são desembolsadas à cada contratação.

 

Estabeleceu como meta a venda de 4.000 camisas oficiais ao preço de R$. 100,00 e numa prova inconteste da força e da fidelidade dessa torcida, em menos de 24 horas a meta foi batida e, pelo andar da carruagem necessárias serão outras 4.000.

 

Baseio-me no fato de que eu e tantos outros ainda não adquirimos a camisa, o que espero fazer hoje, na eventualidade de ter estoque, pois quanto mais camisas comprarmos nesta promoção mais o clube terá recursos para administrar a formação e composição do seu elenco.

 

A adesão da torcida se configurava como importantíssima, motivo pelo qual aplaudimos, quiçá emocionados, à Nação Tricolor que, nem bem a campanha foi lançada atingiu e suplantou a meta com uma rapidez meteórica.

 

Essa verdadeira avalanche de colaboradores confirma o axioma em voga no Pici desde priscas eras: “contrate que a torcida garante”.  Qualquer outra torcida do nosso estado nem de longe realizaria tão grande feito!

 

O Tricolor só não dobra a meta porque, conforme verifiquei no Pici, o estoque está acabando, tanto é que eu pretendia comprar três camisas e só consegui comprar uma, isto porque determinados tamanhos estão acabando.

 

Parabenizamos o aniversariante do dia o Executivo de Futebol do Fortaleza, Sergio Papelin, uma grande figura humana e um excelente profissional, que tem uma trajetória de vitórias e conquistas em quase todos os quadrantes deste país.

 

Que Deus o ilumine para que continue sendo esse cidadão honrado, pai de família exemplar e um profissional da mais elevada monta. Que a felicidade sempre faça parte dos seus dias e que o Espírito Santo de Deus revolva as pedras do seu caminho.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.