Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

A CLASSIFICAÇÃO NA COPA DO NORDESTE PODE VIR DO MARANHÃO.

22 Mar 2019

                                         Estádio Governador João Castelo - Castelão - São Luiz

 

A CLASSIFICAÇÃO NA COPA DO NORDESTE PODE VIR DO MARANHÃO.

 

Há mais de 10 anos que escrevo essas mal traçadas linhas e agora, graças ao avanço da comunicação, interajo ao vivo com os meus leitores e seguidores e sempre procurei fazer as minhas análises sem ferir suscetibilidades, ou em outras palavras, sem magoar. Pode ser que eu não consiga, mas tenho me esforçado muito.

 

Por outro lado, e considerando que nem todos se predispõem a ler o que escrevemos, não temos uma ideia segura e abalizada do nosso alcance e da reação que causamos, favorável ou não, ou de quantos concordam ou discordam dos nossos pontos de vista, especialmente nas redes sociais em que a comunicação e o retorno são instantâneos.  

 

Fiquei satisfeito com o que vi e que li, até porque defendi a tese de que essa vaia pretensamente direcionada ao time, durante e após o jogo com o Floresta, tão propalada por alguns meios de comunicação, não foi assim tão acentuada e os poucos apupos não partiu da   maioria, que reconheceu o espírito de luta do time e os méritos do adversário.

 

A torcida sensatamente reconheceu a maratona do Fortaleza e as suas dificuldades diante de um time que estava muito bem na competição, tanto é que se posicionava à sua frente na tabela, precisamente na segunda colocação, perdendo apenas para o nosso rival.

 

Por outro lado, o Floresta tem bons jogadores, fato evidenciado e reconhecido pelo próprio Ceni, a exemplo do lateral direito, do Wallace, que já esteve no Tricolor e de pelo menos mais uns quatro bons valores, que merecem todo o nosso respeito.

 

Bato palmas para a torcida que não é determinista e nem pessimista e que não acha que o mundo  se acabou em razão de uma exibição anormal e que avalia e reconhece que a equipe teve dificuldades, mas conquistou uma vitória suada, diante de um adversário brilhante e brioso.

 

Desse modo o time não pode ser avaliado e considerado como se de repente não tivesse mais nenhuma qualidade técnica e como se todo o trabalho estivesse perdido. Não está,  até porque em quase todo os Brasil os grandes clubes estão sendo surpreendidos pelos pequenos. O nosso rival que se cuide!

 

Vamos mudar a atenção, o foco, ou a chave, consoante a linguagem moderna do futebolês, para nos reportarmos à Copa do Nordeste, em que o Fortaleza enfrentará o Moto, amanhã às 16 horas, no reduto do adversário, num embate dos mais importantes, vez que poderá sacramentar a sua classificação.

 

O Moto é o lanterna do Grupo B com 7 pontos, tendo 6 a disputar e com possibilidades de chegar a 13 e matematicamente ainda briga pela classificação, embora dependa de uma difícil e quase improvável combinação de resultados, mas “enquanto há vida, há esperanças”.

 

Seria uma classificação heroica uma vez que estão à sua frente o Náutico, quarto do G-4 com 11 pontos; CSA, o quinto com 11; Bahia, sexto com 9 e o Confiança o sétimo com 8. Essas dificuldades, entretanto, serão um incentivo para que o nosso adversário seja um time muito mais combativo.

 

Não temos dúvidas de que o Moto, nessa briga local com o seu arquirrival, o Sampaio Corrêa, que tem apenas 1 ponto, vai querer lavar a honra do futebol maranhense, constituindo-se, pois, numa equipe das mais perigosas e aguerridas.

 

Não é de hoje que os lanternas têm conseguido desbancar os líderes e o Fortaleza, de vez em quando, tem perdido para essas equipes, francas atiradoras,  que visam, sobretudo, sair honrosamente  das competições que disputam e por isso todo cuidado será pouco.

 

Para o Fortaleza desnecessário repetir que será um embate de extrema importância porque a vitória lhe dará a classificação, independentemente do resultado dos outros clubes e, particularmente do Vitória, o quinto colocado.

 

Vamos torcer fervorosamente por uma boa atuação do Leão, isto porque tenho defendido que está mais do que na hora de ganharmos um título regional e pode ser neste ano, pois acredito piamente que o time, com alguns acertos, tem condições plenas de lutar pelo cetro máximo. Resta-nos torcer e incentivar.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.