Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

FORTALEZA TERÁ DESFALQUES NO CONFRONTO COM O GUARANY.

27 Mar 2019

 

FORTALEZA TERÁ DESFALQUES NO CONFRONTO COM O GUARANY.

 

As semifinais do Cearense se iniciam hoje. Desnecessário dizer, em oposição aos que eventualmente pensam o contrário, que estamos falando do campeonato mais importante do planeta e nessa assertiva peço   licença para parafrasear o grande poeta da língua portuguesa, Fernando Pessoa.

 

Dizia o renomado poeta, evidente que com outras palavras,  que “o rio mais importante de Portugal não era o Tejo, mas sim o que passava no quintal da sua casa, onde ele, na sua infância brincava e tomava banho”.

 

Dentro dessa corrente de pensamento o nosso certame éo mais importante porque classifica as nossas equipes para as diversas competições nacionais, como Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D.

 

Como se não bastasse ainda alimenta essa rivalidade secular entre Fortaleza e Ceará, que tem contribuído para o enaltecimento do futebol cearense, que saiu da décima segunda posição no ranking da CBF para a décima, em função das  conquistas dos nossos clubes.

 

Ferroviário e Guarany não seriam Campeões Brasileiros da Série D se não tivessem se credenciado para disputá-la, via campeonato, assim como o Fortaleza não seria campeão nacional.

 

Esses títulos contribuíram para a ascensão da nossa federação no ranking nacional e espero que continuemos conseguindo grandes conquistas.  Para tanto temos de dar uma roupagem mais profissional, em termos de Marketing ao nosso certame e o papel da imprensa nesse sentido será fundamental.

 

Voltamos às semifinais para dizer que Floresta e Ceará farão o jogo de ida no Domingão, nada demais porque o mandante é o time da Vila Manoel Sátiro, para cujo embate o Time de Porangabuçu é o favorito absoluto, mesmo o Floresta sendo uma das sensações.

 

Nem poderia ser diferente vez que o Ceará foi o time de melhor campanha da Segunda fase, com 15 pontos, 17 gols a favor e apenas 4   contra, ficando a 5 pontos de diferença do adversário. Além do mais, na fase classificatória o venceu por 4 a 0.

 

Das quatro goleadas da Segunda Fase o nosso rival detém duas: 4 x 0 sobre o Floresta e 6 x 2 sobre o Ferroviário. As outras duas ficam por conta de Guarany, que venceu o Barbalha por 4 a 1 e do Ferroviário que triunfou sobre o Atlético por 4 x 1.

 

Não estou fazendo apologia ao rival, mas apenas demonstrando através de números a sua supremacia, que o credencia a uma vaga nas finais e como favorito à conquista do cetro.

 

Lembro apenas, por oportuno, que existem o Sobrenatural de Almeida, do Nelson Rodrigues e o Imponderável da Silva, de minha autoria que, por vezes, provocam sobressaltos e indigestão.

 

Na outra semifinal o Fortaleza vai ao Junco enfrentar o Guarany. Em condições normais o Tricolor poderia ser o favorito, isto porque ostenta uma campanha melhor, 52,4% contra 47,6% do oponente, contudo não é bem assim.

 

O Guarany em casa, nessa Segunda Fase começou claudicante, perdendo as duas primeiras partidas para Fortaleza e Floresta pelo mesmo placar, 1 x 0, mas depois se recuperou e venceu o Ferroviário por 2 x 1 e o Barbalha por 4 x 1, apresentando um percentual de desempenho de 50%.

 

O Fortaleza fez somente 3 partidas fora de casa e venceu apenas uma, exatamente o Guarany, por 1 x 0. Perdeu as demais, Atlético 2 x 1 e Horizonte 1 x 0, apresentando um percentual de desempenho de tão somente 33,33%. Embasados nesses números diríamos que o Guarany é o favorito.

 

Por outro lado o Tricolor está repleto de desfalques. Quase todo o sistema defensivo: Tinga, Bruno Melo e Nathan, contundidos e Quintero e Carlinhos, suspensos, forçando o Rogério a improvisar.

 

Presume-se que o treinador tricolor deve mandar a campo a seguinte onzena: Boeck; Araruna, Derley (improvisado), Roger Carvalho e Patrick (improvisado); Felipe, Paulo Roberto, Edinho, Ederson (Dodô); Osvaldo e Júnior Santos.

 

Dor de cabeça em demasia para o Rogério e incertezas que nos impossibilitam de fazer um prognóstico da partida. Posso apenas dizer, como otimista incorrigível, que acredito no potencial e no espírito de luta da equipe, nossas principais armas no embate desta noite.

 

Por hoje c’est fini.

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.