Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

LARGADA PARA AS FASES DECISIVAS DA COPA DO NORDESTE

 

LARGADA PARA AS FASES DECISIVAS DA COPA DO NORDESTE

 

A fase eliminatória da Copa do Nordeste, denominada de quartas de final e no futebolês de mata-mata se inicia hoje com duas partidas: Ceará x Náutico e Santa Cruz x CRB e em que pese o nosso foco ser o Fortaleza, há que se analisar essas partidas, tendo em vista que ambas nos interessam.

 

A partida envolvendo o nosso rival nos interessa pelo fato de que em o Fortaleza se classificando poderá enfrentar um desses dois adversários na finalíssima e o segundo, reunindo adversários do nosso grupo tem importância porque desse confronto sairá um semifinalista.  Não há, pois, como desvincular essas partidas da história do Tricolor.

 

Para o confronto de logo mais entre Ceará x Náutico o time de Porangabuçu é o favorito, posto que, de acordo com os preditores as suas possibilidades de vitória são de 65%, ficando o antagonista com tão somente 14,2% e a probabilidade de empate com 20,8%.

 

Aliás, na opinião dos especialistas o nosso rival é o mais credenciado para conquistar o título com 29,2% de probabilidades. O Fortaleza vem em segundo com 27,1% de chances de conquistar o cetro máximo   e o Náutico com somente 5,3%.

 

O Náutico que, somando todas as competições está invicto há 17 jogos, pela Copa do Nordeste perdeu apenas para o Fortaleza, por 3 x 1, na primeira rodada e de lá para cá vem apresentando uma excelente campanha, especialmente nos confrontos fora de casa.

 

Em 7 partidas, enquanto mandante, venceu o Sampaio Corrêa por 2 x 1 e empatou o clássico com o Santa Cruz em 2 x 2, amealhando 4 pontos em 6 possíveis e ostentando um percentual de aproveitamento de 66,66%.

 

Fora de casa venceu o Sergipe por 2 x 0, o CRB por 2 x 1 e o Confiança por 2 x 0, empatando ainda com o Vitória e Salgueiro pelo mesmo placar de 1 x 1.  Somou 11 pontos em 15 disputados, apresentado um percentual de 73,33%. Marcou 8 gols e sofreu 3 ostentando um saldo positivo de 5 tentos.  Esse é o tamanho do abacaxi que o nosso rival terá que descascar na tarde hoje.

 

No segundo jogo, que nos interessa mais amiúde, ou de imediato, o Santa Cruz recebe o CRB, em embate para o qual, segundo os especialistas, não é o favorito, haja vista que conta apenas com 27,8% de chances de vencer, contra 35,6% do antagonista e o empate, na ótica dos mesmos, é a probabilidade mais forte com  36,6%.

 

O Santa Cruz em casa, em quatro jogos,   venceu o ABC por 1 x 0 e o Confiança por 2 x 0 e empatou com o CSA em 1 x 1, tendo sido derrotado pelo Bahia por 3 x 1. Somou 7 pontos em 12 disputados, ostentando um percentual de desempenho de 58,38%.

 

O CRB fora de casa fez 4 partidas com os seguintes resultados: Empatou três jogos e venceu um: Bahia, 1 x 1; ABC, 0 x 0 e CSA 0 x 0 e 2 x 0 sobre o Confiança. Somou 6 pontos em 12, apresentando um percentual de aproveitamento de 50%.

 

Os números das duas equipes são muito semelhantes, de modo que não consigo enxergar essa superioridade do CRB tão propalada pelos matemáticos, posto que,  no meu entendimento o time pernambucano conta  com um leve favoritismo. Vou pagar para ver.

 

Por fim a arbitragem. Ceará x Náutico será arbitrado pelo piauiense Antonio Dib Moraes de Sousa, que não é exatamente um árbitro de ponta e que tem prejudicado, de certa fora o Fortaleza. Estou ansioso para ver o seu comportamento com relação ao nosso rival.

 

Santa Cruz e CRB será apitado pelo sergipano Cláudio Francisco Lima e Silva, que já tem mais status, prenúncio de uma boa condução da partida.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.