Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

O MEU CORAÇÃO ESTÁ EM FESTA!

17 Apr 2019

                                                                      PARABÉNS QUERIDA!

 

O MEU CORAÇÃO ESTÁ EM FESTA!

 

Começo a coluna de hoje parabenizando a minha esposa Isabel, que está aniversariando e que, em verdade é uma santa, pois me atura há quarenta anos.  A Isabel me proporcionou a ventura sublime e suprema de ser a mãe dos meus filhos e a avó querida dos meus netos.

 

A Isabel, pela fé em Deus e por guardar os seus ensinamentos, como uma das grandes devotas de Nossa Senhora, e pela infinita bondade e sabedoria, tem toda a minha admiração, até porque conseguiu fazer de mim um ser humano melhor, embora eu tenha ainda muito que aprender.

 

Nessa minha caminhada ela tem seguido na minha frente, abrindo as veredas e retirando os abrolhos que se me interpõem e,  por todas as suas virtudes,  rogo a Deus que lhe conceda muitos anos de vida e que conserve a sua grande sabedoria, da qual todos nós da família nos embebemos. Parabéns querida.

 

Você é simplesmente um ser humano ímpar e uma pessoa virtuosa, muito admirada por todos que privam do seu convívio, pois,   tem sempre  acendido uma luz que ilumina e resplandece sobre todos que estão no seu derredor, especialmente aquela que tem iluminado a nossa família.  Agradeço a Deus todos os dias por essa dádiva!

 

Isto posto voltemos ao futebol para dizer que o Fortaleza está de pé no chão e entrará em campo, por certo no domingo, como se estivesse partindo do zero, pois vantagem e euforia fica por conta do torcedor.

 

A comissão técnica e os atletas estão cientes da necessidade de se portarem com seriedade e, sobretudo,  da premência de respeitar um adversário, indiscutivelmente dos mais qualificados.  Nada foi ganho e por isso o time vai para a partida com muita determinação,  com o mesmo espírito de luta e com muita humildade.

 

Tenho recebido algumas perguntas, fruto da ‘fábrica de boatos”, que costumar ser aberta a todo vapor, antes de um clássico e que tem por objetivo perturbar a ordem no seio do nosso amado clube.

 

O boato recorrente é de que o Osvaldo não atuará, pois recebeu o terceiro cartão amarelo, o que não procede. O atleta tem apenas um cartão recebido, por sinal, na primeira partida da final, contra o Ceará.

 

Em termos de cartão a situação é a seguinte: Carlinhos, que completou três na segunda fase, cumpriu no jogo do Floresta. No embate contra o Ceará recebeu o primeiro da segunda série.

 

Felipe que recebeu três cartões nos embates contra Barbalha, Ferroviário e Ceará (fase classificatória), cumpriu a suspensão automática no confronto contra o Floresta e recebeu o primeiro da segunda série na primeira partida final, contra o Ceará. 

 

Paulo Roberto que recebeu 3 cartões amarelos nos embates contra o Barbalha e Guarani na segunda fase e contra o Guarany, na primeira partida semifinal, cumpriu na segunda partida da semifinal, contra o próprio Guarany e está zerado.

 

Pendurados estão Derley, que recebeu cartões nos confrontos contra o Barbalha e o Atlético;  Gabriel Dias, amarelado também nos embates contra o Barbalha e o Atlético e o Ederson, nas partidas contra o Ferroviário e o Floresta e que, lesionado intencionalmente pelo zagueiro do Guarany, foi operado  ontem e tem previsão de retornar aos gramados em 6 meses.   

 

Os jogadores Felipe Alves, Marcinho, Dodô, Araruna e Osvaldo têm apenas 1 cartão. Carlinhos e Felipe também têm um cartão, mas já da segunda série.

 

Por hoje c’est fini.

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.