Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

TOQUE DE LETRA

11 Jun 2019

 

 

1 – PENSAMENTO DO DIA

 

Não se preocupe com pessoas chatas. São como a erva daninha, que o sol abrasa e que o gado pisa! (Samuel Ranner).

 

2 – O DIA DE HOJE NA HISTÓRIA DO FEC

 

11 de junho de 1933 – Fortaleza 2 x 0 Ceará (86 anos).

 

3 - TOQUE DE LETRA

 

Como assim cara pálida? O Fortaleza é garfado e tem gente afirmando que: “O protesto do Tricolor é inútil porque a Comissão de Arbitragem da CBF tem problemas mais importantes para resolver”.

Pergunto-lhe: Existem coisas mais importantes no país para resolver do que combate à corrupção, ao roubo e à violência dentre outras transgressões às normas e a lei?  

Por outro lado, o cidadão em questão defende que o Fortaleza “é peso pena diante do vencedor Grêmio, que é peso pesado. E a geografia é massacrante...”. Quer dizer então ó gajo que os pequenos não podem ter acesso aos direitos preconizados pelas leis e tampouco que a justiça seja feita?

Quer dizer então que o artigo quinto da Constituição federal deves ser rasgado?

“Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.

Não aceito, portanto,  esse tipo de argumentação e de ideologia, até porque é discriminatória e transforma o nosso futebol e por extensão o nosso país, num feudo de “castas” e não estamos na Índia, que tem cerca de 3.000 castas, que se baseiam na hierarquia social,  composta de privilégios e deveres. Privilégios para os grandes e deveres para os pequenos.

Admitir esse tipo de segregação no nosso futebol, em que o grande tem todos os privilégios, podendo inclusive ser beneficiado por atos ilegais é condenar os menores à ruina e a serem párias do nosso esporte bretão.

Por outro lado, temos o dever de defender o nosso futebol quando este é vilipendiado.  Desdenhar e diminuí-lo de forma jocosa me parece uma espécie de humor negro, ou uma atitude de alguém que tem complexo de inferioridade. É evidente que respeitamos a linha de pensamento de todos, embora nem sempre concordemos com a mesma e é o caso.

Estou entre aqueles que ovacionam e aplaudem o nosso futebol e que estão prontos e a postos para defendê-lo em quaisquer circunstâncias. Aliás divido muito que esse segmento da imprensa, mantenha esse ponto de vista quando o Ceará for garfado e garanto que não vai custar muito.

 

4 – ANIVERSARIANTES DO DIA

 

 - Conselheiros:

 

8 de junho: Eliomar Torres Martins

                    José Jario da Silva Vieira

9 de junho: Alciomar Costa de Carvalho

                     José Carlos Braide N. Gama

                      Filho.

10 de junho: Omã Murab de Oliveira

 

5 - DESTAQUES 

 

1 – Quadro de Sócios

 

SEJA SÓCIO

 

#joguejunto

 

Hoje somos 29.724 sócios

 

2 – Arbitragem Para Fortaleza x Cruzeiro

 

Árbitro:  Heber Roberto Lopes/SC

Assistente 1: Alex dos Santos/SC

Assistente 2: Eder Alexandre/SC

4º Arbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães/CE

Analista de Campo: Paulo Sílvio dos Santos/CE

VAR: Rafael Ttraci/SC

AVAR1: Rodrigo D'Alonso Ferreira/SC

AVAR2: Thiaggo Americano Labes/SC

Observador de VAR: Antônio Pereira/GO

 

3 – HEBER NÃO É UNANIMIDADE

 

São poucos os clubes brasileiros que não têm bronca contra o árbitro Heber Roberto Lopes, estima-se em cerca de duas dúzias. As exceções, consoante as más línguas são somente o Corinthians e o Ceará.  Torçamos para que  não nos prejudique.

 

4 – JOGOS DOS NOSSOS CONCORRENTES

 

Seis dos dez jogos desta rodada que interessam ao Fortaleza:

1 – Botafogo x Grêmio – Vitória do Botafogo.

2 – CSA x Flamengo – Vitória do Flamengo

3 – Vasco x Ceará – Empate ou vitória do Vasco.

4 – Palmeiras x Avaí – Vitória do Palmeiras

5 – Chape x Fluminense – Empate.

6 – Goiás x CAP – Vitória do Athletico

 

 5 – CRUZEIRO SEM VENCER FORA DE CASA

 

O Cruzeiro não vence uma partida fora de casa desde o dia 3 de junho de 2018, quando triunfou sobre o  Ceará por 1 x 0, gol de Sassá, pela nona rodada do Brasileirão. Interessante é que o Ceará perdeu no aniversário deste ano e no do ano passado e como não estamos aniversariando vamos vencer para que o jejum cruzeirense continue.

 

À Demain!

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.