Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

AO FORTALEZA BASTA VENCER PARA SUBIR NA TABELA

25 Jul 2019

                                                                        FOTO/DIVULGAÇÃO

 

 

AO FORTALEZA BASTA VENCER PARA SUBIR NA TABELA

 

 

Temos plena consciência de que essa tomada de posição unilateral do Ceará com relação à divisão desigual de torcida no Clássico-Rei  representa uma quebra de acordo por parte do  Time de Porangabuçu e um retrocesso ,que pode não ser benéfica com relação ao futuro da parceria.

 

Consideramos, contudo, que o Clássico-Rei somente será disputado na próxima semana, de modo que, para usar uma expressão muito em voga, vamos virar a chave e focar naquilo que nos que nos interessa de momento, que é o importantíssimo   confronto com o Corinthians.

 

A verdade é que nesse momento do campeonato temos muito o que   comemorar, vez que  nas três últimas rodadas  o Fortaleza, em 9 pontos possíveis conquistou 7,  apresentando um percentual de aproveitamento de 77,77% que, se mantido, o levará a brigar pelo título e lhe asseguraria,  de pronto,  uma vaga na Libertadores. Sonhar é preciso, mas para atingir a esse sonho manter a performance é necessário.

 

Esse salto de qualidade trouxe frutos imediatos para o Tricolor que, na oitava rodada, lutava pela permanência na competição do ano vindouro tão somente com 8 equipes, fato que evidenciamos naquela ocasião.

 

Na 12ª rodada,  em que o seu embate será duríssimo, pois enfrentará um dos maiores e mais laureados clubes do país, o Corínthians, o Fortaleza entra com um cabedal melhor visto que, está disputando, ou fazendo parte de um mesmo campeonato com 13 equipes.

 

Somente 6 clubes estão no campeonato disputado no andar de cima e isso é muito bom, pois quanto maior for o universo de concorrentes, pela lei das probabilidades, as chances tricolores são maiores. É a velha história de se dizer popularmente: “Quanto mais cabras, mais cabritos”.

 

Das equipes que estão no mesmo barco do Tricolor, 5 não poderão alcança-lo nesta rodada: Cruzeiro, 10 pontos; Fluminense, 9; Chapecoense, 8; CSA, 6 e Avaí, 6 e somente uma poderá ultrapassá-lo, o Vasco, que tem 10 pontos.  Poderemos deduzir que o Fortaleza, na pior das hipóteses terminará a rodada em 15º lugar.

 

Considerando-se a situação tricolor em relação às 7 equipes que estão à sua frente ver-se que todas elas poderão ser superadas, na eventualidade de uma sua sobre o Corínthians que, indiscutivelmente será um embate de 6 pontos.

 

Ceará, 14 pontos; Bahia, 15; Grêmio, 15; o próprio Corinthians, 16; Goiás, 16; Botafogo, 16 e Atlético Paranaense, 16 poderão ser perfeitamente superadas.  Temos, contudo.  que considerar a relação de favoritismo dessa equipes com relação aos seus adversários.

 

Entre as equipes que poderão ser superadas pelo Tricolor, na eventualidade de vir a vencer o Corínthians temos o  Ceará que se pega com o Internacional fora de casa e não é o favorito. O Vasco, que poderia superá-lo enfrenta o Palmeiras fora de casa e a possibilidade de se sair bem é bastante remota.

 

Entre os times que provavelmente não devem ser ultrapassados pelo Tricolor na rodada estão o Bahia que enfrenta a Chapecoense e, a despeito de atuar fora de casa é o favorito.  Situação idêntica é a do Grêmio que se digladia fora do seu território com o CSA,   configurando, entretanto,  como um dos maiores favoritos da rodada.

 

Entre as equipes que fazem jogo duríssimo, cujos resultados passam a ser  incógnitas estão o Atlético (PR) que enfrenta o Cruzeiro fora de casa, em jogo muito equilibrado e o Botafogo, que faz o clássico com o Flamengo e como dizia o Jardel “clássico é clássico e vice-versa”.  

 

Nesse rol temos ainda o Goiás, que atua em casa e se digladiará com o Atlético Mineiro, que está sequioso para vencer, após o empate com o Fortaleza, após estar vencendo por 2 x 0 e que foi considerado um desastre e um fracasso,  pela sua torcida.

 

Feita toda essa análise e considerando que o Fortaleza, empurrado pela força motriz da sua torcida, poderá vencer o Corinthians, deduzimos que as suas possibilidades na tabela são de que possa terminar a rodada na décima ou na nona posição. É só fazer o dever de casa com esmero, o resto virá por acréscimo.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.