Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

O DERLEY FICA!

27 Jul 2019

 

 

O DERLEY FICA!

 

 

A décima segunda rodada do Brasileirão se inicia hoje e, evidentemente, os confrontos que se desenrolarão, que num campeonato de pontos corridos são sempre decisivos, além de despertar o interesse de todos os participantes, igualmente serão importantes e significativos para o Fortaleza, por serem travados entre adversários que brigam consigo na tabela.

 

Iniciamos a nossa análise da rodada por Palmeiras x Vasco.  O time Cruzmaltino está atrás do Fortaleza, na 15ª posição com 12 pontos e dos que estão atrás do Tricolor na tabela é o único que poderá ultrapassá-lo nesta rodada, isto na eventualidade do Leão do Pici não conquistar um bom resultado. A nossa torcida será pelo Palmeiras, favorito com 72% de chances.

 

O Cruzeiro enfrenta o Athlético Paranaense e se vencer evoluirá na tabela, mas não poderá alcançar o Fortaleza. O time mineiro está no limiar da zona de rebaixamento, com 10 pontos e em 16º lugar e precisa vencer para afastar o fantasma da degola.

 

De acordo com os especialistas será um jogo equilibrado, vez que os dois clubes contam com o mesmo percentual de probabilidades de vitória, 37%. Torcemos por vitória do Cruzeiro ou pelo empate.

 

O Internacional recebe o Ceará e é o favorito com 53% de possibilidades de sair vencedor, contra 17% do Time de Porangabuçu. Nesse caso e por dois motivos temos que torcer pelo Internacional: Primeiro: Pela rivalidade   local e em segundo lugar em função da sua posição  na tabela, vez que tem a mesma pontuação do Tricolor, mas está à frente pelo saldo de gols.

 

Fechando a rodada temos Fluminense x São Paulo e nesse caso a nossa torcida será pelo São Paulo ou pelo empate. O time carioca é o favorito com 40%, contra 30% do tricolor paulista, contudo a nós somente a vitória   são-paulina é fundamental.

 

O Fluminense perdendo estagnaria na tabela, além do que o São Paulo no momento não é concorrente direto do Tricolor. Ademais é o clube do coração do Rogério Ceni, portanto somos São Paulo desde novinhos.

 

O CRB demonstrou   interesse em contratar o  Derley e, com esse intuito,  entrou em contato com o empresário do atleta, no nosso entendimento,  de forma antiética,  vez que o aludido jogador está vinculado ao Fortaleza, que deveria ser o primeiro a ser consultado. Pisou na bola o CRB.

 

O Fortaleza, entretanto, não está disposto a liberá-lo, uma vez que, a despeito do jogador não vir atuando regularmente, mesmo assim   é reputado como uma peça importante no plantel, tanto pela versatilidade, como pelo fato de ser um exemplo para os demais jogadores, pela garra e dedicação, que têm a mesma intensidade, tanto nos treinos como nos jogos.   

 

Não temos a menor dúvida de que a torcida ficou satisfeita com essa decisão da diretoria, tendo em vista que o Derley, pela   raça, garra e força física se identifica por demais com a Nação Tricolor. Qualquer time gostaria de ter esse tipo de talismã.

 

Não sou de criticar nenhum jogador de forma acintosa, contundente e incisiva, mas escuto a voz da torcida, razão por que posso afirmar de cátedra que se o torcedor tricolor fosse instado a escolher entre o Paulo Roberto e o Derley, e evidentemente isso não vai acontecer nunca, preferiria este último. Questão de empatia.

 

O Paulo Roberto tem indiscutivelmente mais   habilidades técnicas do que o Derley, mas não passa para o torcedor a mesma segurança e confiança, haja vista que de vez em quando tem perdido algumas bolas que deixam a defesa em dificuldades e isso conta no que que ser refere à análise vinda das arquibancadas.

 

O Felipe, por exemplo, tinha esse problema, mas tem melhorado consideravelmente, o que tem sido muito bom para a sua carreira, principalmente em termos de evolução técnica e de afirmação.  Nesse aspecto temos que reconhecer que a crítica do torcedor contribuiu para que corrigisse essa falha, representada pela desatenção em lances cruciais.

 

Torcemos para que todo jogador tricolor encontre o seu espaço e isso só ocorrerá quando o atleta que não estiver rendendo bem, conseguir se encaixar e se encontrar dentro do time e consigo mesmo, motivo pelo qual torcemos para que o Paulo Roberto e outros ganhem a confiança do torcedor, condição sine qua non para que possam brigar pela titularidade.  

 

Por hoje c’est fini.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.