Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

TOQUE DE LETRA

18 Aug 2019

 

 

1 – PENSAMENTO DO DIA

Nunca deixe que as tristezas do passado e as incertezas do futuro estraguem as alegrias do presente. (Desconhecido).

 

2 – O DIA DE HOJE NA HISTÓRIA DO FEC

18 de agosto de 1946 – Fortaleza 8 x 1 – Luso (CE)- Campeão

Fortaleza 8 x 1 Luso

Local – Estádio Getúlio Vargas

Árbitro – Rolinha

Gols – Fortaleza:  Jombrega (2), Carrim (2), França (2), Piolho e Adalberto – Luso: Gerson.

Artilharia – França foi o artilheiro do campeonato com 11 gols.

Fortaleza – Juju, Stênio e Zé Sérgio; Arrupiado, Idalino e Jorge;  Carrim, Adalberto, Jombrega, França e Piolho.

Luso – Rai; Zemilton e Motor; Nozinho, Eneias e Azevedo; Gerson, Dudu, Zecapinto e Purunga.

 

3 – TOQUE DE LETRA

Não fizemos a nossa parte, mas a tabela está nos ajudando, de modo que perdemos apenas uma posição na tabela, estando em 13º com 17 pontos e somente perderemos outra, fechando a rodada em 14º se o Goiás, 14º com 14 pontos vencer o Bahia, posto que somaria os mesmos 17 pontos do Fortaleza, mas ficaria à frente pela quantidade de vitórias, 6 contra 5.

Considerando que  temos que torcer sempre pelo Tricolor, vamos analisar os confrontos de logo mais, torcendo pelo desfecho que que for melhor para o nosso clube. Em assim sendo defendemos a premissa de que somos muito gratos ao Rogério Ceni, nosso ídolo e por quem temos o maior apreço, mas a partir desta rodada estamos em campos opostos e não podemos contemporizar.

Não temos dúvidas de que o Ceni é um grande profissional, razão por que no confronto do Cruzeiro com o Fortaleza, pelo segundo turno, temos certeza de que ele jamais mandaria o seu time tirar o pé do acelerador pelo fato de sermos o seu adversário,  tanto por questões éticas como em função dos interesses do clube que dirige e principalmente por  aqueles ligados ao sucesso da sua carreira, como enriquecimento do currículo. Em razão de todo esse conteXto não podemos torcer para que o Cruzeiro nos ultrapasse. É a vida!

 

4 – DESTAQUES

Dos clubes que farão os embates de hoje somente o São Paulo e Santos não estão lutando com o Fortaleza por espaços na tabela de classificação. Ceará, Bahia, Goiás, Fluminense, CSA, Chapecoense e Avaí estão no mesmo campeonato Tricolor sendo, pois, nossos adversários diretos. Não podemos torcer por eles.

 

1 – Ceará - 10º - 20 pontos

Enfrenta o São Paulo, em partida em que o time paulista, de acordo com os matemáticos é o favorito com 52% de chances de vencer, contra os seus 19%. Nesse caso temos que torcer pelo São Paulo, para que o nosso rival não desgarre muito na tabela.

 

2 – Bahia -  11º - 20

Nosso adversário, estando à nossa frente com 3 pontos e como enfrenta o Goiás, que está atrás do Tricolor, vamos torcer pelo empate. Bahia favorito com 68%.

 

3 - Grêmio – 12º - 18

Empatou com o Palmeiras em casa em 1 x 1, indiscutivelmente um bom resultado e nos ultrapassou em um ponto. O melhor desfecho seria a vitória palmeirense.

 

4 – FORTALEZA – 13º- 17

Ao perder para o Internacional por 1 x 0, em partida que poderia ter outro resultado se o seu domínio do primeiro tempo tivesse se revertido em gols e foram desperdiçadas cerca de cinco oportunidades claríssimas de marcar, teria subido na tabela. Esse tipo de chance não é para ser desperdiçada.

 

5 – Goiás -  14º - 17

Dos que estão abaixo do Tricolor é o único que pode ultrapassá-lo, desde que vença o Bahia. Levando em conta que ambos são adversários diretos do Fortaleza, vamos torcer pelo empate.

 

6 - Vasco – 15º - 17

Goleado pelo Flamengo por 4 x 1 , em jogo em que desperdiçou duas penalidades, consagrando o goleiro do Flamengo Diego Alves. Bom resultado para o Tricolor e demais concorrentes.

 

7 – Fluminense – 15º - 12

Joga contra o CSA e em que pese ser o favorito com 70%, estaremos torcendo pelo empate.

 

8 – Cruzeiro -  17º - 11

Cruzeiro, enfrenta o Santos e não podemos torcer por ele. Torcemos por Santos ou empate.

 

9 – Chapecoense – 18º - 10

Joga com o Avaí e a nossa torcida é pelo empate, que evita uma aproximação maior com o Fortaleza.

 

10 – CSA – 19º - 8

Enfrenta o Fluminense fora de casa e não podemos torcer por outro resultado, que não seja o empate, desfecho ideal para todas as equipes que estão atrás do Fortaleza na tabela.

 

11 – Avaí – 20º -  6

Digladia-se fora de casa com a Chapecoense e vamos torcer pelo empate, resultado que tem conseguido com certa frequência nos jogos em que é o visitante.

 

5 – TOQUE FINAL

Não podemos ter tudo o que queremos, contudo, vamos ficar na torcida para que os deuses do futebol resolvam ficar Ao nosso lado, para que consigamos ultrapassar os obstáculos que são muitos nesta Série A. Que Deus guie as ações dos dirigentes tricolor, dotando-lhes ainda mais de sabedoria e discernimento, extremamente necessários em momentos de turbulências.

 

À demain si Dieu le veut.

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.