Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

TOQUE DE LETRA

 

 

TOQUE DE LETRA

ADVÍNCULA NOBRE

 

1 – PENSAMENTO DO DIA

Patrocínio: Auto Peças Padre Cícero – A número um no coração dos nordestinos.

Encarem o dia de frente. Aceitem o dia de braços abertos e com toda a positividade do mundo!

2 – O DIA DE HOJE NA HISTÓRIA DO FEC

Oferecimento: Só Tintas, onde a cor você escolhe, mas a qualidade nós garantimos.

04 de setembro de 1977 – Fortaleza 2 x 1 Ceará (42)

 

3 – TOQUE DE LETRA

Oferecimento: Leões do Pici – Torcedor faça a sua adesão, você é o maior parceiro do Leão.

O Fortaleza que fechou a 16ª rodada na 15ª posição, com 18 pontos, tendo entre si e a zona de rebaixamento apenas o Cruzeiro, o 16º com 15 pontos, numa situação de certa forma preocupante, necessitava da vitória contra o Goiás, tanto para se afastar da zona de degola, como para avançar na tabela.

Sobre esse assunto, em conversa com o Zé Ricardo, por ocasião do lançamento do Livro do Centenário, no Espaço Cultural O Povo,    na sexta-feira à noite, defendi a tese de que o Tricolor, em fazendo a sua parte, e se os resultados da 17ª rodada  lhe fossem favoráveis, poderia chegar à faixa da Sul-Americana.

Não deu outra o Fortaleza venceu com categoria e com relativa facilidade e os embates entre os concorrentes lhes foram benéficos, de modo que ganhou confiança para a próxima jornada, também em casa, contra o Fluminense, que é um grande clube e merece atenção especial.

Uma vitória, além dos benefícios na tabela, dar mais ânimo e confiança ao clube, à torcida e a todos envolvidos no processo, funcionando como uma espécie de vitamina que dar mais força e impulsiona para frente.

Vamos para o importante embate contra o Fluminense, certos de que enfrentaremos uma grande equipe, que tem história, mas que o Tricolor pelo que demonstrou contra o Santos e o Goiás, tem plenas condições de conquistar uma vitória,  essencial nessa caminhada rumo à permanência na Série A.

 

4 – DESTAQUES

Nos destaques, que têm a chancela dos nossos parceiros, priorizamos as notícias relativas aos clubes que disputam posição com o Tricolor, que nessa 18ª rodada, a penúltima do turno, são em número de dez.

 

1 –  Botafogo – 10º colocado – 23 pontos

Oferecimento: Bar do Pedim – Montese – O Bar dos Intelectuais”

O serviço de fornecimento de água do Estádio Nilton Santos, do qual o  Botafogo é cessionário,  foi interrompido nesta segunda-feira por falta de pagamento, retrato fiel das dificuldades financeiras que atingem os grandes clubes do país.

O Botafogo recorreu ao ex-presidente Carlos Augusto Montenegro e quitou a dívida de três meses e o fornecimento será normalizado até quarta.

Os salários dos jogadores estão atrasados, chegando a dois meses.

 

2 –  Grêmio – 11º - 22

Oferecimento – Empreendimentos Edino Ilson -  Trabalhando com afinco pelo progresso do Brasil

O Grêmio viajará para Curitiba para enfrentar o Atlético no jogo de volta pelas semifinais da Copa do Brasil com alguns problemas de contusão. O volante Maicon sentiu a panturrilha. Kannemann não treinou nesta terça, está pendurado, sendo dúvidas, pois se receber o terceiro cartão ficará fora da final, na eventualidade do Grêmio se classificar.

3 -   Fortaleza – 12º - 21

Oferecimento: Programa Sócio Torcedor: Somos hoje 29.763 sócios.

O Fortaleza, nessa nova empreitada administrativa, na partida contra o Goiás bateu o recorde de check-ins, chegando a 70% dos sócios que têm assento no Setor Premium. Teve ainda algumas dificuldades para acomodar cerca de 4.162 torcedores, mas a tendência é o aprimoramento do   serviço, mediante a adoção de medidas essências, como o aumento dos monitores. A ajuda do sócio também é de fundamental importância e, nesse sentido, em chegando mais cedo evitará a aglomeração que ocorre quando se chega em cima da hora.    

4 -   Goiás – 13º - 21

Oferecimento: Avoar Passagens Aéreas

O zagueiro Fábio Sanches lamentou a derrota do Goiás e ainda o fato de que nas duas últimas partidas o time teve jogador expulso.

Contra o Fortaleza foi a vez do lateral-direito Yago Rocha, pelo recebimento do segundo cartão amarelo. Contra o Inter havia sido o Leo Sena, que levou vermelho direto.

Terá que fazer o dever de casa no próximo sábado contra o Palmeiras para recuperar o terreno perdido.

5 -    Ceará – 14º - 20

Oferecimento: Picanço & Machado – Advogados Associados – Causas Previdenciárias – Aposentadorias – Pensão por Morte – Benefício Assistencial – Salário Maternidade – Revisão de Benefícios e Causas Trabalhistas – Telefones: 85 99615-3421 e 98688-7352 – Doutores Lúcio Picanço e Herbert Machado.

O Ceará pode ter quatro retornos para o jogo contra o Corinthians: Leandro Carvalho, Samuel Xavier, Lima e Ricardinho. A dúvida continua sendo Luiz Otávio.

Esse negócio de se preocupar mais com o rival é coisa séria. Vi alguns analistas mais preocupados com o fato do Ceará está atrás do Fortaleza, do que com os últimos insucessos. No dia em que essas preocupações irrelevantes diminuírem o nosso futebol terá mais chances de crescer.

6 –  Vasco – 15º - 20

Patrocínio: Moda Fashion – Compromisso com a elegância.

Dizem que “certas coisas só acontecem com o Botafogo”, mas o São Januário ficou sem energia durante esta terça-feira por falta de pagamento do mês de julho. O clube pagou a conta e a energia foi restabelecida. Essa é a gangorra das dificuldades financeiras  dos clubes cariocas.

7 -   Cruzeiro – 16º - 18

Patrocínio: Comercial M Oliveira – Material Elétrico, Hidráulico, Tintas e Ferragens -

O Cruzeiro terá um compromisso dificílimo nesta quarta contra o Internacional, pela segunda partida das semifinais, em que perdeu a primeira por 1 x 0, dentro de casa, ainda sob o comando do Mano Menezes.

O goleiro Fábio está bastante confiante na reversão, baseado no fato de que o seu time é afeito ás grandes decisões e se ganhar somente por 1 x 0 levará o jogo para os pênaltis e aí será com ele.

8 –  Chapecoense -  17º - 14

Patrocínio: Sinal Verde  - Peças para Motos e Bicicletas e Serviços em Geral

Mesmo que vença o CSA em Maceió na 18ª rodada a Chape não sairá da zona de rebaixamento, completando o seu maior período, desde que ascendeu à Série A,  no Z-4, na qual entrou na nona rodada e não mais saiu.

9 –  Fluminense -  18º - 12

Oferecimento: Site www.fortalezasempre.com.br

Na derrota para o CSA o meia Ganso foi muito vaiado e foi substituído pelo treinador. Chateado não o cumprimentou na saída dos vestiários. O Osvaldo Oliveira a ser abordado pela imprensa minimizou o episódio: - Cada jogador tem uma característica, um comportamento. O Ganso é um jogador tímido, arredio. Compreendo, não tem nenhum problema. Já aconteceu no último jogo. Ele não tem obrigação de me cumprimentar. Ele tem que cumprir com as obrigações dele como atleta, e isso ele tem feito -.

 

10 – CSA -  19º - 12

Oferecimento: Fortalmed – Equipamentos Hospitalares.

O clima no CSA está pesado. Num encontro com torcedores no Centro de Treinamento do Mustangue, num comentário fortíssimo,   o técnico Argel afirmou: “Se contratou muitos jogadores cabeça de bagre”. Em que pese ele se incluir nos erros, a declaração foi interpretada como uma crítica ao Departamento de Futebol, o qual,  através do diretor Fabiano Melo, afirmou que o áudio foi divulgado para tumultuar o ambiente do CSA.

 

11 – Avaí -   20º - 10

Oferecimento: Restaurante Roda Gira – Terminal Rodoviário – Avaliado como excelente e muito bom pelos viajantes.

O treinador Alberto Valentim ficou aliviado após a vitória por 1 x 0 fora de casa sobre o Fluminense, afirmando que a mesma tirou  um peso das costas de todos:  “Essa vitória  foi importantíssima para que os jogadores, que vêm trabalhando forte, ganhassem mais confiança”.

 

À demain si Dieu le veut”.

 

 

 

 

 

1

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.