Desenvolvido por:

(88) 9 9776 7362

© 2016 por "Fortaleza Sempre". Orgulhosamente criado com Go Gestor

VITÓRIA PARA SACRAMENTAR A PERMANÊNCIA!

17 Nov 2019

 

RÁDIO WEB LEÃO NOBRE

 

ACESSOS

:

Através do site:

www.fortalezasempre.com.br

 

APP:

 

Play Store: Rádio Leão Nobre

Baixe o aplicativo no seu celular e tenha boa música e notícias do Fortaleza e da Série A.

RÁDIO LEÃO NOBRE

 

“A RÁDIO QUE TOCA O FUTEBOL  E TOCA  O FORTALEZA”!

 

ÁS 15H30M

COLUNA DO NOBRE

 

 

 

VITÓRIA PARA SACRAMENTAR A PERMANÊNCIA!

 

A 33ª rodada teve início ontem com 2 jogos, Santos 1 x 1 São Paulo e Fluminense 1 x 1 Atlético Mineiro, resultados que foram bons para os times do “Baixo Clero”.  Poder-se-ia dizer, a  princípio,  que o embate entre Santos e São Paulo não tem qualquer relação com os clubes que lutam pela permanência, o que é um ledo engano, vez que nesse afunilamento, todo e qualquer resultado pode trazer consequências boas ou ruins para esses clubes.

 

O Santos, em terceiro lugar, com 65 pontos ficou a 2 do Palmeiras na luta que trava, por enquanto, pelo vice-campeonato, torcerá por um tropeço palmeirense contra o  Grêmio, fora de casa. O Grêmio está em quarto com 56 pontos e tem o São Paulo nos seus calcanhares com 53, de quem precisa ganhar distância.

 

De modo prático, na próxima rodada o Santos recebe o Cruzeiro, que deve vencer hoje e que precisa ser contido para que que seja evitada a sua aproximação com o Fortaleza, visto que, à essa altura do campeonato temos que torcer evidentemente pelo tropeço dos nossos concorrentes.

 

O São Paulo, por sua vez, na próxima rodada vem enfrentar o Ceará, que é nosso concorrente e,  portanto, fieis ao princípio de que não podemos torcer pelos nossos concorrentes diretos, a não ser quando enfrentarem clubes que estão abaixo do Tricolor na tabela, esperamos que no citado confronto o time paulista esteja necessitando da vitória para defender a sua sobrevivência na Libertadores.

 

O curioso é que nessa briga pela Libertadores, no embate Grêmio x Palmeiras, o Santos torce a favor do Grêmio e o São Paulo contra, de modo que a igualdade no placar nesta partida, não resolve completamente o caso dos dois concorrentes,  mas os deixa mais esperançosos.

 

O resultado, “pai d’égua”, como se diz no “cearensês” que, consoante os filólogos é um dialeto falado por 8,5 milhões de habitantes, foi o empate em 1 x 1  entre Fluminense e Atlético Mineiro, que segurou ou refreou a ambos.

 

O Fluminense somou 35 pontos, deixou provisoriamente a zona de rebaixamento, mas pode ser superado pelo Cruzeiro, que soma igualmente 35, mas perde para o time carioca em número de vitórias, 9 contra 7. O Cruzeiro é o favorito contra o rebaixado Avaí com 66%, mas vamos mesmo assim torcer por uma vitória catarinense ou pelo empate.

 

O Fluminense que deve voltar à zona maldita, indiscutivelmente sofreu um revés dentro de casa, que pode complica-lo mais ainda, vez que na próxima rodada enfrentará fora de   casa o CSA, que, pelo menos de momento, ainda está no páreo e tenta evitar o rebaixamento.

 

Por fim o jogo do Fortaleza contra um CSA em que o time alagoano não pode nem pensar empara e muito menos perder,  posto que o resultado negativo o deixaria com os mesmos 29 pontos 15 pontos do número 44, que como vimos sustentando é o salvo conduto para a Série A de 2020 e restando somente 15 pontos em disputa.

 

Para o Fortaleza podemos dizer que o embate contra o CSA se configura entre os três mais importantes do ano, tendo em vista que vale a vitória vale a permanência na Elite. Os outros dois mais importantes foram a disputa da Copa do Nordeste e do Cearense.

 

Para esse embate, consoante os matemáticos o Tricolor é o favorito com 62%, oxalá estejam certos e o time alagoano tem 14%, ficando o empate com 24%.  Traçamos um paralelo entre o aproveitamento dos dois clubes nas últimas 5 rodadas, que nos dar um balizamento da situação atual para dizer que o Fortaleza somou 8 pontos apresentando um percentual de 53,33% e o   CSA somou 3 pontos, com um   aproveitamento de 20%.

 

No cômputo geral o Fortaleza leva desvantagem, visto que o Fortaleza em 21 jogos venceu 3, empatou 8 e perdeu 6. Nos últimos 5 jogos, cujos resultados nos fornecem uma amostragem da tendência atual, o Fortaleza venceu 1 embate fora de casa pelo Primeiro Turno da Série A deste ano e empatou 4 confrontos válidos pela Copa do Nordeste de 2019 e pela última partida da final da Série C de 2017, numa indicação de que o quadro vem sendo revertido.

 

O que devemos esperar é uma partida dificílima em que o Fortaleza tem jogar com sabedoria para conquistar essa vitória, de importância fundamental para a consecução do seu primeiro e mais importante objetivo, o de permanecer na Elite do Futebol Brasileiro. Com o apoio inestimável da torcida não tenho dúvidas de que conseguiremos essa vitória.

 

Por hoje c’est fini.

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
POR TRÁS DO BLOG
Advíncula Nobre

Advíncula Nobre, colaborava com o site Razão Tricolor e quando esse encerrou, passei a colaborar com os Leões da Caponga, que também encerrou as atividades, quando então ainda residindo em Guarabira (PB), resolvi criar o site para publicar a Coluna do Nobre, que eu já publicava no Leões da Caponga. Isso aconteceu há cerca de 11 (onze) anos. Sou formado em História pela Universidade Estadual da Paraíba, turma de 1989 e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Torço pelo Fortaleza Esporte Clube desde Outubro de 1960 e comecei a frequentar o Estádio Presidente Vargas, na condição de menino pobre na "hora do pobre". O estádio abria 15 minutos antes do término da partida para que os menos favorecidos tivessem acesso. Foi assim que comecei a torcer pelo Fortaleza. Morei em Guarabira (PB) por 27 anos e sempre vinha assistir a jogos do meu time. Guarabira (PB) dista 85 Km de João Pessoa capital Paraíbana e 650 km de nossa cidade Fortaleza (CE). Também morei em Patos (PB), Pau dos Ferros (RN), Nova Cruz (RN) União (PI) e Teresina (PI). Também cursei Administração de Empresas e Direito, em virtude de transferências, não terminei essas duas faculdades. Era o meu emprego e o pão de cada dia ou as faculdades.